João Pessoa
Feed de Notícias

Técnicos da Emater vão ajudar a fortalecer a piscicultura

segunda-feira, 29 de março de 2010 - 11:37 - Fotos: 
Durante o curso, o grupo teve a oportunidade de receber orientações teóricas e práticas em piscicultura básica, com assuntos referentes aos processos de produção que vai desde a distribuição dos alevinos à comercialização.
 
Segundo o assessor estadual de piscicultura, Lino Gonçalves Nonato, a equipe técnica da Emater-PB participou ativamente do curso. Ele relata que no dia 24 os técnicos receberam instruções do engenheiro de pesca do centro, Antônio Roberto Barreto.

“Na parte da manhã tivemos explicações teóricas sobre o sistema de sexagem e reversão de sexo das tilápias, em seguida com demonstração nos viveiros, pudemos ver na prática a coleta de ovos da espécie e o seu depósito no incubatório para eclosão das larvas”, informou Lino, acrescentando que na parte da tarde foi visto o sistema de reprodução de peixes e a produção de avelinos.
“À tarde nos dirigimos até o laboratório para observar uma demonstração de coleta de sêmen e ovócitos de reprodutores e matrizes das espécies tambaqui e pirapitinga para o processo de fecundação artificial.
 
Já no dia 25, a delegação participou de um curso sobre aqüicultura continental com abordagem de temas como sistemas de cultivo de peixes ministrado pelo professor Airton Rebouças Sampaio, construção de viveiros e demandas de água em sistemas com o professor Francisco Jaime de Oliveira. O dia de atividade foi finalizado com a visita técnica a um projeto de piscicultura na fazenda Cezar Cacau no município de Petencoste-CE.
 
A equipe técnica da Emater-PB afirma estar muito satisfeita com a realização do curso que proporcionou o contato com informações importantes que servirão como suporte técnico para dar retorno ao trabalho de piscicultura no Estado da Paraíba. Esse trabalho já iniciado, conta com a contribuição do professor Airton Rebouças Sampaio que tem ampla experiência em cultivo de peixes.

 “O professor Airton tem contribuído de forma significativa para o setor, inclusive participando de forma efetiva na implantação dos projetos de piscicultura em Bananeiras e Itaporanga”, lembrou Lino.
Ao final do encontro o diretor do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), Elias Fernandes Neto apresentou os novos rumos da instituição para os próximos anos em nível de Brasil.

Além dos técnicos da Emater, participaram do evento técnicos do Ceará, Bahia, Piauí, São Paulo e Distrito Federal. Todos tiveram a oportunidade de fazer uma breve avaliação dos aspectos gerais vistos ao longo do curso.

Da Assessoria de Imprensa da Emater-PB