João Pessoa
Feed de Notícias

Técnicos da Aesa visitam obras do Canal Acauã-Araçagi nesta sexta-feira

sexta-feira, 8 de novembro de 2013 - 10:06 - Fotos:  Roberto Guedes/Secom-PB

Técnicos da Agência Executiva das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) visitam, nesta sexta-feira (8), o Canal das Vertentes Litorâneas (Acauã-Araçagi). À convite da empresa responsável pela construção, a equipe vai conhecer detalhes da obra que abastecerá 38 cidades paraibanas.

A construção do Canal Acauã-Araçagi é considerada a segunda maior obra hídrica da região Nordeste – a primeira é a Transposição das Águas do São Francisco – e vai beneficiar diretamente cerca de 590 mil paraibanos. Ao todo, 16 mil hectares poderão ser irrigados.

Como estamos falando de uma obra grandiosa e esta visita vai durar apenas uma manhã, vamos analisar os principais pontos: o processo de captação na saída da barragem de Acauã, dispositivos de transposição entre o canal e as tubulações, aquedutos e sifões invertidos. De acordo com o andamento da construção, vamos agendar novos encontros para estudar os outros lotes”, explicou o presidente da Aesa, João Vicente Machado Sobrinho.

Lote II – Em setembro deste ano, o governador Ricardo Coutinho e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, assinaram a ordem de serviço para o início da construção do segundo lote. Ele se estenderá até a região de Mari e Sapé e tem mais 41 km. A extensão total do canal é de 112,44 km.

O primeiro lote do canal tem 40,85 km de extensão e emprega atualmente 1.500 pessoas entre engenheiros e operários e mobiliza cerca de 500 máquinas e equipamentos. Ele abrange as cidades de Itatuba, Ingá, Mogeiro, Itabaiana e São José dos Ramos.

O número de empregos diretos gerados pelas obras de construção do Canal Acauã-Araçagi vai chegar a cerca de 3 mil quando seus três lotes estiverem em execução. A expectativa é de que toda a obra seja concluída em 2015.