Fale Conosco

15 de maio de 2013

Teatro de Bonecos é tema de oficina na Casa do Artista Popular



semana de museus casa artista popular oficina de mamulengos cecilia carolina foto kleide teixeira 226 270x202 - Teatro de Bonecos é tema de oficina na Casa do Artista PopularCecília Caroline, 11 anos, se inspirou em uma baiana para confeccionar seu boneco de mamulengo. A estudante foi uma das alunas da rede pública de ensino que participou, nesta quarta-feira (15), de uma aula prática para a confecção dos bonecos. A ação integra a programação da 11ª Semana de Museus, que acontece até o próximo domingo em todo Estado.

A aula aconteceu na Casa do Artista Popular, em João Pessoa, e foi ministrada pela artesã Josefa Noronha. “Amei o interesse deles, achava que eles não iriam se interessar, mas dominaram bem a técnica do papel machê e se mostraram bastante interessados”, disse a artesã.

O estudante Alisson Lopes, de 11 anos, aprovou a aula. “Achei muito gratificante, estamos aprendendo algo que poderemos usar no futuro”, avalia.

semana de museus casa artista popular oficina de mamulengos malu donini foto kleide teixeira 73 270x202 - Teatro de Bonecos é tema de oficina na Casa do Artista PopularA diretora da Casa do Artista Popular, Malu Barreto, disse que as oficinas descobrem talentos e são fundamentais na prática educacional. “A construção desse trabalho com teatro de bonecos é uma prática que pode descobrir talentos entre as crianças, oferecer cidadania e inclusão social. Eles podem descobrir várias coisas com o teatro de boneco, desde a brincadeira até sustentabilidade”, avaliou a diretora.

Durante a visita uma palestra foi ministrada sobre a função do teatro de boneco na educação infantil. “Realizamos um resgate histórico do boneco, a importância dentro do processo educativo. O teatro de boneco tem uma força muito grande dentro da educação”, avaliou o curador da Casa do Artista Popular, José Nilton.

Moda – Nesta quinta-feira (16), a partir das 19h, as técnicas em produção de moda Vanda Costa e Vanessa Guimarães apresentarão um desfile com 20 modelos não profissionais utilizando roupas confeccionadas com fuxico, uma arte que utiliza retalhos de tecidos. As roupas para o desfile denominado ‘Fuxicando na Moda’ foram produzidas pelas estilistas com algodão cru e chitas. São 20 looks inspirados no artesanato paraibano e com materiais reciclados.