João Pessoa
Feed de Notícias

Tambaba Open de Surf atrai atletas de vários estados do Nordeste

domingo, 8 de setembro de 2013 - 12:08 - Fotos:  Secom-PB/Roberto Guedes

A 6ª Edição do Tambaba Open de Surf Naturista reuniu, neste fim de semana, atletas de várias regiões do Nordeste, no município do Conde. A competição teve o objetivo de associar a filosofia naturista à prática esportiva e contou com o apoio do Governo do Estado, por meio da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur). O evento foi promovido pelo grupo Naturistas Unidos (NU), com apoio da Federação Brasileira de Naturismo (FBrN).

As baterias, que foram disputadas em três categorias, contaram com 40 atletas e mais uma vez bateu recorde de inscritos. A abertura do evento foi realizada na tarde do sábado (7), com o congresso técnico e o início das disputas na categoria Especial Session, para os surfistas que desenvolvem manobras com maior grau de dificuldade.

“A proposta do evento sempre foi divulgar os principais pilares da ideologia naturista, utilizando a prática do esporte para ampliar essa exposição. O surf foi a modalidade escolhida, por reunir aspectos comuns ao nosso pensamento, a exemplo da liberdade, harmonia e respeito pela natureza”, destacou o coordenador do Projeto SurfNU, Carlos Santiago.

O torneio, criado em 2008 na Paraíba, também tem estimulado outros destinos naturistas do país a promoverem competições semelhantes ao Tambaba Open de Surf. De acordo com os representantes da Federação Brasileira de Naturismo, em janeiro de 2013, foi realizado um evento com os mesmos moldes, na Praia do Pinho, no município de Balneário Camboriú em Santa Catarina.

“O movimento naturista brasileiro sempre destacou a ideia paraibana de criar uma competição desse nível, para ampliar a divulgação da nossa filosofia. Os primeiros frutos já estão sendo colhidos e o torneio catarinense foi uma prova disso. Nossa próxima meta é criar mais uma competição na praia de Abricó, no Rio de Janeiro, e a partir daí consolidar a execução de um Circuito Nacional de Surf Naturista”, revelou o presidente da Associação Naturista de Abricó-RJ e editor do jornal Olho Nu, Pedro Ribeiro.

Os representantes da Federação Paraibana de Surf também destacaram o crescimento técnico do evento, além de ressaltar a consolidação do Open no calendário do surf nordestino.  Os campeões de cada categoria receberam pranchas, troféus e brindes personalizados.

“A proposta de atrair novos praticantes do naturismo através do surf vem dando certo, e por isso, o crescimento no número de inscritos tem sido refletido positivamente no aumento do fluxo de pessoas na praia, durante os dias de disputa. Nossa próxima meta é ajudar na construção e ampliação dos campeonatos de outros estados e assim fortalecer a criação de um circuito brasileiro”, acrescentou o árbitro da PBsurfe, Wagner Oliveira.

A repercussão da iniciativa esportiva tem fortalecido as ações das aulas de surf no local, que atualmente estão sendo ministradas por Julídio Macuxi, mas a partir da próxima semana também terá o atleta Klauber Lins como instrutor.

Além das provas do Open, Tambaba recebeu uma programação paralela, alusiva aos 10 anos de criação do movimento NU. As comemorações foram promovidas, no período da noite, na Pousada e Restaurante A Arca do Bilú, com a participação de bandas.

O empresário Marcos Vinícius, proprietário do empreendimento, destacou o reconhecimento do destino paraibano por parte de entidades e veículos de comunicação, durante o primeiro semestre, a exemplo do portal Brasil Naturista e da revista Viagem e Turismo. As publicações referendaram Tambaba como a “mais internacional das praias naturistas” e “uma das mais belas do planeta”.

“A batalha para quebrar preconceitos é constante, mas a contribuição da PBtur na divulgação do nosso roteiro em eventos nacionais e internacionais tem contribuído para o desenvolvimento turístico da região. A ideia é ampliar ainda mais a divulgação e a estrutura básica de suporte ao naturismo, pois eventos desse porte impulsionam o turismo local e colocam o Estado na rota de divulgação da mídia nacional”, concluiu Marcos Vinícius, que há 14 anos atua na atividade turística da região.