Fale Conosco

26 de abril de 2016

Sudema recebe estudo de impacto ambiental do projeto de implantação de estaleiro em Lucena



O Governo do Estado, por meio de sua Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), recebeu nessa segunda-feira (25) o Estudo de Impacto Ambiental/Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) referente ao projeto de implantação da Empresa de Docagens Pedra do Ingá (EDPI), que será instalada no município de Lucena, próximo ao Porto de Cabedelo.

O estudo é um dos requisitos estabelecidos pela Sudema para a concessão do Termo de Referência, necessário para a construção da obra. O estaleiro ficará localizado em uma posição privilegiada em relação às principais rotas marítimas da Bacia do Atlântico Sul. Com mais de 600 mil metros quadrados de área de terreno, o EDPI é projetado com o exclusivo propósito de efetuar reparos e docagens, dispondo para isso de dois diques secos e um hydrolift, sendo capaz de atender qualquer navio da frota mercante mundial.

O diretor comercial da McQuilling Services, responsável pela construção do estaleiro, e diretor de projeto da BrasilBasin Drydock Company (BBDC), Dave Saginaw, declarou que a entrega do estudo na Sudema foi o ápice de um grande esforço iniciado ainda no ano passado. “Nós estamos muito satisfeitos de termos chegado a este estágio do projeto cumprindo o cronograma e o orçamento. A parte mais difícil foi cumprida e agora vamos trabalhar no sentido de atender todo e qualquer solicitação de informações adicionais esclarecimentos demandados pela Sudema de modo a apoiar o processo interno de análise da documentação”, salientou.