João Pessoa
Feed de Notícias

Sudema realiza curso sobre policiamento ambiental

terça-feira, 18 de maio de 2010 - 09:03 - Fotos: 

Um curso de Policiamento Ambiental, oferecido pela Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), em parceria com a Polícia Militar Ambiental, será realizado a partir desta quinta-feira (20, no auditório do Jardim Botânico Benjamim Maranhão, na Avenida Dom Pedro II.  

O treinamento, que será encerrado no sábado (22)  é voltado para gestores e policiais ambientais que trabalham nas Unidades de Conservação e áreas protegidas do Estado, tendo como destaque a aula prática, no Parque Estadual da Mata do Xém-Xém, no sábado, em Bayeux.
 
A Sudema visa uma maior eficiência na atuação de seus funcionários em parceria com a Polícia Militar Ambiental, protegendo, da melhor forma, as áreas que fazem parte da história do País, como é o caso do Monumento Natural Vale dos Dinossauros.

O Capitão Fábio Margarido, da Polícia Militar do Distrito Federal, responsável pela criação da Guarda Nacional Ambiental, é o representante nacional, que vai passar as experiências adquiridas ao longo de sua carreira.

Na manhã da quinta-feira (20), a discussão será voltada para o Policiamento Ambiental no contexto nacional com o Capitão Margarido. Na parte da tarde, a temática é a criação e gestão das Unidades de Conservação no contexto nacional aplicando na realidade da Paraíba, coordenado por Rogério Ferreira, assessor técnico da Sudema.

Na sexta-feira (21), serão realizadas atividades de ensinamento sobre as infrações e registro do auto de infração, dirigido pelo coordenador de Fiscalização da Sudema, Adeilson Sales. Durante o sábado, o curso prossegue com as técnicas e procedimentos de abordagens nos crimes ambientais e também com a parte prática, tendo a participação do Capitão Marcos Antônio Benevides, da Companhia Ambiental do Estado.
 

Proteção ambiental

A capacitação serve para os profissionais conhecerem as novas práticas de guarda, autuação e gestão, aplicando nas 16 Unidades de Preservação Ambiental distribuídas no Estado, que abrange cerca de 77.000m2. Dentre essas Unidades, também estão os Parques Estaduais Pedra da Boca, a Mata do Jacarapé e Aratu, e a Estação Ecológica do Pau-Brasil, todos destinados às visitas de estudantes, pesquisadores, turistas e esportistas de aventura.

Estas áreas protegidas, além dos atributos turísticos e educativos, prestam um serviço à sociedade, pois guardam em se interior sítios históricos indicadores dos primeiros habitantes humanos da região nordestina. Também, muitos percursos dos rios, que abastecem de água as cidades da Paraíba, passam por esses locais.

Além disso, as áreas de conservação ambiental servem como purificador do ar, amenizam os ruídos produzidos pela movimentação intensa das cidades e são bancos vivos para a extração de princípios ativos de plantas e animais. O curso propõe unificar os procedimentos nacionais de operação com os locais e fortalecer a atuação nas áreas sob a responsabilidade do Governo.

 
 

                                   Maria Silva, da Assessoria de Imprensa da Sudema