Fale Conosco

8 de agosto de 2012

Sudema participa da elaboração do Plano Estadual de Coleta Seletiva Solidária



A comissão responsável pela elaboração do Plano de Coleta Seletiva Solidária na Paraíba está reunida nesta quarta (8) e quinta-feira (9), no Convento Ipuarana, no município de Lagoa Seca. O plano vai determinar a separação dos resíduos recicláveis descartados pelos órgãos e entidades da administração pública federal direta e indireta, na fonte geradora, e a sua destinação às associações e cooperativas dos catadores de materiais recicláveis.

O Plano de Coleta Seletiva Solidária nos órgãos públicos estaduais atende a Política Nacional do Meio Ambiente, Plano Nacional de Resíduos Sólidos, e a Lei Estadual 9.293/10.

A Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) é uma das integrantes da comissão.  “A coleta seletiva solidária é um plano de inclusão social, pois insere os catadores na cadeia produtiva, além de ajudar a preservar o meio ambiente. E essa separação direto na fonte evita a contaminação dos materiais reaproveitáveis, aumentando o valor agregado”, destacou a superintendente da Sudema, Laura Farias.

A comissão que trabalha na elaboração do Plano Estadual de Coleta Seletiva Solidária é formada por representantes do Ministério do Meio Ambiente, da Secretaria de Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia (SERHMACT), da Sudema, do Projeto Cooperar Paraíba, da Companhia de Processamento de Dados da Paraíba (Codata), das Universidades Estadual e Federal da Paraíba (UEPB e UFPB), Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPB),  Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa), Energisa, Cagepa, Hospital Edson Ramalho, Companhia Paraibana de Gás (PBGás) e representantes de cooperativas de catadores.