João Pessoa
Feed de Notícias

Sub-secretário de Cultura visitou prédio e ficou surpreso com as precárias condições

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010 - 14:50 - Fotos: 
O subsecretário de Cultura da Paraíba, David Fernandes, visitou recentemente o prédio onde funciona a Biblioteca Pública do Estado e ficou estarrecido com o que viu. Além da carência na estrutura para receber os visitantes, o prédio sofre há anos com problemas hidráulicos, elétricos, infiltrações e de queda de reboco nas paredes.

Ainda este mês, o professor David se reunirá com o secretário de Educação Sales Gaudêncio, para solicitar a liberação de recursos a fim de promover uma grande reforma na biblioteca. Ao pleitear os recursos para as obras de restauração do prédio, bem como no equipamento que será entregue de uma forma digna à comunidade, a Secretaria de Educação do Estado, através da Subsecretaria Executiva de Cultura, realiza muito mais que uma simples tarefa administrativa, resgata um pouco da memória de João Pessoa e acrescenta à cidadania a expressão e o brilho que lhe faltavam.

David Fernandes garante que além da reestruturação do prédio, o Governo do Estado vai investir na adição de novo acervo e informatização para a biblioteca.

Conhecendo um pouco a história da biblioteca

O prédio onde funcionou durante quarenta e três anos a Biblioteca Pública do Estado, teve a sua pedra fundamental lançada em 26 de março de 1874 pelo Comendador Silvino Elvídio Carneiro da Cunha, e sua construção concluída em 1884 pelo então presidente da Província. Destinava-se inicialmente a abrigar a primeira Escola de Ensino Primário, conforme o Decreto nº 5.429 de 02 de outubro do mesmo ano, permanecendo assim, até o governo de Francisco Camilo de Holanda ( 1916 a 1920 ).

Em seguida, o prédio passa a sediar o Tribunal de Justiça até o ano de 1939. Neste mesmo ano, através do Decreto 1.333, o interventor Argemiro de Figueiredo resolve instalar a Instituição- Biblioteca Pública, criada desde 1859 por Henrique Baurepaire Rohan, permanecendo até 1982, quando foi transferida para a Fundação Espaço Cultural da Paraíba, passando a receber o nome de Biblioteca Pública Juarez da Gama Batista.

As diretrizes preconizadas pelo projeto de revitalização do Centro Histórico de João Pessoa viabilizaram a restauração do referido monumento estadual, inserido no Núcleo Cidade Alta e tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado  da Paraíba – Iphaep, através do Decreto nº 8.626/80.

Josy Brito, da Assessoria de Imprensa da Subsecretaria de Cultura