João Pessoa
Feed de Notícias

Solenidade marca formatura de policiais e bombeiros no CFO

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012 - 09:18 - Fotos:  Walter Rafael/Secom-PB

Quarenta e dois policiais militares e 26 bombeiros se formaram, nessa quinta-feira (13), no Curso de Formação de Oficiais (CFO). A solenidade foi realizada no Centro de Educação da PM, em João Pessoa, e contou com a participação de autoridades civis e militares de vários Estados, além de familiares dos formandos.

Dos 42 alunos oficiais da PM formados, 20 são da Polícia Militar da Paraíba e 22 da Polícia Militar do Amapá. Todos passaram por três anos de preparação que incluiu o conhecimento em 101 disciplinas, entre elas Inteligência Policial e Criminologia Aplicada à Segurança Pública. Além das disciplinas da grade curricular, eles já saíram capacitados com o curso de Polícia Comunitária.

Para o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, a preparação dos policiais é fundamental para promover a paz. “Porque, a partir de agora, eles carregam a missão de preservar vidas e defender a ordem social como verdadeiros pacificadores, o que foi edificado ao longo desses três anos de preparação”, destacou o coronel Euller.

Na formação dos bombeiros militares, os novos aspirantes a oficial receberam instruções para realizar salvamentos terrestre, aquático e aéreo, além de atendimento pré-hospitalar e combate a incêndio, que somadas às outras disciplinas resultaram em 3.815 horas/aula de preparação – com três anos de duração também. Dos 26 bombeiros formados, 20 são da Paraíba, 5 do Estado do Mato Grosso e 1 de Pernambuco.

O comandante do Corpo de Bombeiros da Paraíba, coronel Jair Carneiro, destacou a nova fase profissional dos formandos. “A tão sonhada hora chegou e o desafio e responsabilidade são grandes, para isso tenho certeza que os ensinamentos adquiridos na Academia serão importantes para eles fazerem uso em prol da sociedade paraibana”, frisou.

Representando o governador do Estado, o secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, Cláudio Lima, conclamou os novos aspirantes a oficial para oferecer um serviço cada vez mais qualificado à população.

“Estamos vivendo em uma gestão que busca servir o cidadão que faz parte de um contexto social cada vez mais exigente e que busca seus direitos, para isso temos que estar preparados e empenhados para servir melhor a população”, finalizou Cláudio Lima.

Formação – O Curso de Formação das duas instituições foram realizados na Academia de Polícia do Cabo Branco; no próprio Centro de Educação da PM. A preparação incluiu estágios em batalhões e também aulas práticas em outros locais do Estado. A conclusão do curso marcou a promoção deles para aspirantes a oficial. O primeiro colocado no Curso da PM, Davisson Henrique Araújo da Costa, e o do BM, Benevaldo Pessoa da Cruz Júnior, foram promovidos a 2º Tenente (posto acima de aspirante a oficial). A promoção é concedida pela colocação obtida no Curso.

Ingresso – Para se tornar um oficial da Polícia Militar e do Bombeiro Militar do quadro de combatentes, os candidatos passam pelo vestibular – que registra concorrência de quase 60 candidatos por vaga. Quando aprovados em todas as fases (saúde, física e psicológica), frequentam três anos de formação superior em segurança pública, onde ao final são declarados aspirantes a oficial e promovidos de postos, conforme o tempo de serviço.