Fale Conosco

25 de junho de 2013

Soldados e oficiais do Exército participam de curso de motopilotagem oferecido pelo Detran



Noventa soldados e oficiais do Exército Brasileiro participam, de 26 a 28 de junho, do Curso de Motopilotagem oferecido pelo Departamento Estadual de Trânsito-Detran e o Centro de Treinamento Honda, sediado no Recife. As aulas teóricas serão ministradas, a partir das 8h, desta quarta-feira (26), no auditório do Primeiro Grupamento de Engenharia, na avenida Epitácio Pessoa, na Capital.

O curso avançado, que visa ensinar técnicas de motopilotagem defensiva e evitar acidentes envolvendo motociclistas, já foi oferecido pelo Detran para policiais militares lotados no Batalhão de Policiamento de Trânsito, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Samu, Marinha do Brasil, agentes de policiamento de trânsito do próprio Detran, instrutores de Centros de Formação de Condutores de João Pessoa e Campina Grande, além de servidores de órgãos públicos municipais.

A meta do Detran é fechar um planejamento de cursos até 2015 que permita a capacitação de todos os motociclistas dos órgãos públicos estaduais e municipais, além de empresas privadas. Os interessados devem procurar o Detran, por meio de ofícios encaminhados à Diretoria de Operações.

Os instrutores da Honda repassam desde informações sobre o funcionamento e manutenção dos veículos até dicas de como transitar com segurança obedecendo regras de direção defensiva. Após participação nas aulas teóricas, os soldados e oficiais do Exército Brasileiro, estarão aptos a participar do curso prático de motopilotagem avançada.

Segundo a chefe da Divisão de Educação para o Trânsito, Abimadabe Vieira, este curso faz parte das ações implementadas pelo Detran para diminuir o envolvimento dos motociclistas paraibanos em acidentes de trânsito, considerando que eles representam mais de 70% das vítimas atendidas pelos Hospitais de Emergência e Trauma de João Pessoa e Campina Grande.

Os cursos de motopilotagem também estão incluídos na DécadaMundial de Açõesparaa Segurança do Trânsito – 2011/2020. A ação, que pretende reduzir em 50% o número de acidentes de trânsito em todo o mundo de 2011 a 2020, foi proclamada pela Organização das Nações Unidas, em 2010 e envolve 176 países.