João Pessoa
Feed de Notícias

Socioeducandos do Lar do Garoto beneficiados com cursos profissionalizantes do Senai  

terça-feira, 24 de janeiro de 2017 - 16:07 - Fotos: 

Os jovens internos no Lar do Garoto, em Lagoa Seca, terão oportunidade de realizar cinco tipos de curso profissionalizantes oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai, a partir do próximo dia 30. Trata-se de uma ação do Ministério Público do Trabalho em Campina Grande, por meio do projeto “Aprendizagem do Sistema Socioeducativo”.

O principal objetivo do projeto “Aprendizagem no Sistema Socioeducativo” é fornecer cursos de aprendizagem a jovens em situação de vulnerabilidade e em conflito com a lei, beneficiando jovens internos em regime fechado e que estão sob pena de liberdade assistida ou prestação de serviços à comunidade. Este projeto já vem sendo executado em outras sedes do Ministério Público do Trabalho pelo país.

Os cursos que serão destinados aos socioeducandos do Lar do Garoto estão sendo financiados por multas trabalhistas aplicadas pelo MPT na região de Campina Grande, pagas pela empresa Coteminas por eventual descumprimento de Termo de Compromisso, no valor de cerca de R$ 50 mil.

Inicialmente, o Senai disponibilizará para os socioeducandos do Lar do Garoto cinco cursos profissionalizantes: Confeiteiro, Montador de Calçados, Instalador Hidrossanitário, Operador de Microcomputador e Costureiro de Máquinas Industriais (Cama e Mesa). Os cursos terão início ao final de janeiro e irão até outubro deste ano, atendendo a uma demanda de 164 socioeducandos.

Segundo o procurador do Trabalho, Raulino Maracajá, a intenção do projeto é capacitar internos por meio de cursos profissionalizantes que lhes deem oportunidades de trabalho no futuro. “Por falta de conhecimentos ou oportunidade, muitos jovens em situação de vulnerabilidade não chegam a ingressar no mercado de trabalho. Além disso, muitas empresas não cumprem a cota de aprendizes exigida por lei”, disse o procurador.

“Precisamos fomentar as entidades e empresas, sensibilizá-los para contratar os jovens, diminuindo o índice de reincidência. A reincidência desses menores nos locais onde já está implementado o projeto de aprendizagem caiu para menos de 30%”, acrescentou Raulino Maracajá.

“Estamos super empolgados enquanto Senai porque é a nossa participação na formação profissional desses jovens que, após a conclusão desses cursos estarão capacitados e certificados para o mercado de trabalho e terão uma maior oportunidade, inclusive, para montar o seu próprio negócio”, disse Emerson Gerônimo, gerente do Senai.

Para o presidente da Fundac, Noaldo Meireles, esses cursos profissionalizantes representam uma oportunidade única de mudar o destino desses jovens, inclusive oportunidade negada antes da internação. “O certificado de um curso ofertado pelo Senai abrirá as portas do mercado de trabalho para esses adolescentes, contribuindo de forma significativa para evitar a reincidência. Por outro lado, iniciativas como essa ainda ajudam a combater a ociosidade”, comentou.

Lar do Garoto – Unidade Socioeducativa da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida”, localizado em Lagoa Seca, que atualmente assiste a 132 jovens internos cumprindo medidas socioeducativas e 38 provisórios, com processo ainda em tramitação. Com idades que vão dos 12 aos 20 anos, eles têm acesso a oficinas de música, esporte, tear e mosaico, além do estudo regular (ensino fundamental e médio), dentro da própria unidade socioeducativa.