João Pessoa
Feed de Notícias

Socioeducanda da Fundac treina atletismo com técnico da seleção paraibana

quarta-feira, 8 de novembro de 2017 - 19:01 - Fotos:  Divulgação

Acreditando no esporte como ferramenta na efetivação da socioeducação, a Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) vem estimulando as aptidões físicas de jovens e adolescentes que cumprem medidas socioeducativas. Dentro desse contexto, no último sábado (4), uma socioeducanda teve a oportunidade de treinar pela primeira vez na pista de atletismo da Universidade Federal da Paraíba com o técnico da seleção paraibana.

Segundo Ruth Pessoa, diretora interina do Centro de Atendimento Socioeducativo “Rita Gadelha”, a oportunidade se deu por meio de contato feito com o treinador da seleção paraibana de atletismo, que prontamente se disponibilizou a treinar a socioeducanda RC. “Estamos firmando uma parceria com o Departamento de Educação Física da UFPB, através da Federação Paraibana de Atletismo, para que as socioeducandas com aptidões para o esporte, devidamente autorizadas pelo juizado, possam treinar na pista de atletismo com o técnico da seleção paraibana”, explicou Ruth Pessoa.

“Como atleta, sei bem que o esporte traz muita disciplina e concentração, além de fazer bem a saúde do corpo e da mente. RC é uma jovem coordenada, determinada, disciplinada e que, acima de tudo, tem bastante força física. Isso foi fundamental para que fosse a primeira socioeducanda a iniciar o treinamento. Estamos muito felizes e quiçá num futuro próximo possamos fazer um torneio e inserir atletas nos Jogos Escolares do Estado da Paraíba”, disse a diretora.

Pedro de Almeida Pereira, treinador da seleção paraibana de atletismo, considera o esporte uma das melhores ferramentas para inserção, socialização e de inclusão social. “Na vida de uma socioeducanda, entendo que o esporte assume uma função extremamente importante, na medida em que, como um instrumento de educação, tem o papel inicial de recebê-la como é. E, a partir do que ela apresentar, através das atividades propostas, ir oportunizando a interação e desenvolvendo suas habilidades e potencialidades. Nelas estão contidas, questões de ordem moral e afetivas, entre outras”, disse o treinador.

“Agradeço a Dr. Noaldo (presidente da Fundac) e a diretora Ruth que me trouxeram a oportunidade de viver este momento. Gostei muito e quero participar de mais atividades”, disse RC, agradecendo ainda a oportunidade que teve de fazer o curso profissionalizante de Corte e Costura de Moda Praia e Lingerie, ministrado pelo Senai para as socioeducandas da unidade, por meio da parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano.

Aproveitando a oportunidade, o coordenador de Serviços da Fundac, Albert Wagner, realizou a limpeza de uma área de atletismo que existe no Centro Educacional do Adolescente (Unidade Provisória) no intuito de facilitar o trabalho dos professores de educação física do sistema socioeducativo e possibilitar a descoberta de novos talentos esportivos.