João Pessoa
Feed de Notícias

Sistema Adutor do Congo leva água de qualidade a municípios do Cariri

terça-feira, 8 de junho de 2010 - 18:24 - Fotos: 
O governador José Maranhão inaugurou nesta terça-feira (8), o primeiro trecho da segunda etapa do Sistema Adutor do Congo. A obra vai levar água de forma segura e com qualidade aos municípios de Prata, Ouro Velho, Amparo e atenderá uma população estimada em 12 mil pessoas nessas localidades.

Na solenidade de inauguração, Maranhão destacou a importância da água segura e de qualidade para milhares de paraibanos que vivem e trabalham no Cariri. Até o final de agosto, as obras do Sistema Adutor do Congo devem estar concluídas. O projeto beneficiará diretamente cerca de 36 mil pessoas das sedes dos municípios de Prata, Ouro Velho, Amparo, Gurjão, Livramento, Parati e São José dos Cordeiros. O investimento total será de R$ 23 milhões.

Água para todos – “A minha determinação é de que a água da nova adutora chegue a toda população. Tenho consciência exata do significado dos recursos hídricos que se traduz em saúde e desenvolvimento sustentável. O novo sistema vai garantir o abastecimento de água por mais 30 anos e praticamente fechará o circuito das águas no Cariri”, comemorou.

O governador informou que as obras da segunda etapa prosseguem em ritmo acelerado e, inclusive, já foi concluída a etapa de instalação de tubulação destinada aos municípios de Livramento, Gurjão, Parari e São José dos Cordeiros. A etapa do Sistema de Adutora do Congo está prevista para ser incluída no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) II, lançado recentemente pelo governo federal.

No seu percurso pelo Cariri, Maranhão foi recebido por prefeitos, deputados, lideranças políticas e pela população, que foi às ruas agradecer pelo benefício. “A partir de hoje, começamos uma nova etapa que garante a regularização do abastecimento de água nos municípios de Amparo, Ouro Velho e Prata”, declarou.

Mais obras – O governador ainda reiterou que vai intensificar esforços para concretizar as obras referentes aos recursos hídricos, especialmente, aos projetos de irrigação. Além disso, ele fará ações estruturantes em áreas como educação, saúde e estradas. “São segmentos importantes para a melhoria da vida do povo”,observou o chefe de Estado.  

O secretário do Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos, Ciência e Tecnologia, Francisco Sarmento, lembrou que o sistema adutor foi projetado no âmbito do Plano das Águas, cuja primeira etapa já foi “praticamente executada no segundo governo Maranhão”.

Ele observou ainda que “a adutora vem restabelecer o equilíbrio hídrico a uma das regiões nordestinas mais carentes do Nordeste: o Cariri paraibano. Com a conclusão do Sistema Adutor do Congo, fica praticamente completo o suprimento de água nas sedes dos municípios do Cariri”, destacou.

Uma terceira etapa do Sistema Adutor do Congo está prevista para ser incluída no Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2), recentemente lançado pelo Governo Federal. “O Governo do Estado vem trabalhando de maneira intensa para maximizar a participação da Paraíba no PAC 2, para que não ocorra o mesmo que aconteceu no PAC 1 em 2007, quando o Estado foi um dos menos contemplados em função de não dispor de projetos”, concluiu Sarmento.

Ainda nesta terça-feira, o governador José Maranhão inaugurou a Estação de Bombeamento – 6, na cidade de Ouro Velho, também relacionada com o Sistema Adutor. A solenidade ocorreu na Avenida Jacinto Dantas, na saída para São José do Egito.

Ana Lustosa, com fotos de Evandro Pereira, da Secom-PB