Fale Conosco

5 de dezembro de 2011

Sinfônica Jovem encerra 2011 com músicas natalinas e homenagem ao maestro Duda



A Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJ-PB) apresenta, nesta quinta-feira (8), o sétimo e último concerto oficial da temporada 2011. Regida pelo maestro titular, Luiz Carlos Durier, a apresentação acontecerá  às 21h, no Cine Bangüê (Espaço Cultural), em João Pessoa. “No repertório, apresentaremos quatro obras tradicionais chinesas, inéditas na Paraíba, com solo do violinista Rodrigo Eloy”, diz o regente.

No programa, o maestro incluiu uma peça descritiva em forma de poema sinfônico, um pout pourri com os principais temas da trilha sonora de um musical de grande sucesso mundial, uma seleção da música de Lourenço Fonseca Barbosa, o consagrado Capiba, e uma marcha tradicional. “Nós acrescentamos uma bela versão sinfônica de canções natalinas ao programa. Esta obra entraria no concerto como bis, mas a orquestra ensaiou com uma leitura tão boa e emocionante que valerá a pena constar definitivamente no programa”, acrescenta o maestro.

O poema sinfônico “Num Mercado Persa”, de Albert Keyelbey; músicas tradicionais chinesas, com orquestração delicada de Liu Li e Dom Chang; e, em seguida, uma seleção de trechos famosos do musical “Les Misérables”, de Claude-Michel Schonberg, num arranjo de Bob Lowden. Já a alegre Marcha Radetzky, de Johann Strauss, terá uma participação interativa com o público.

Um momento especial será a homenagem ao Maestro Duda, com a interpretação da Seleção Capiba, de sua autoria. “O maestro arranjou belas e memoráveis canções do mestre pernambucano, que imortalizou canções, valsas, marchas e frevos”, disse Durier.

Para encerrar com clima natalino, a OSJ-PB apresentará “Um Festival de Natal”, uma abertura de concerto composta pelo americano Leroy Anderson, contendo canções tradicionais de Natal. Entre as peças estão “Joy to the World”, “Pinheirinho”, “Noite Feliz”, “Adeste Fidelis” e outras melodias sobrepostas de grande efeito sonoro e musical.

O solista – Rodrigo de Almeida Eloy Lôbo, natural de João Pessoa, iniciou seus estudos de violino em 1994, aos três anos de idade, com o professor Ademar Rocha, no Centro Musical Suzuki. Em 2004, entrou no curso de extensão da Universidade Federal da Paraíba, sob a orientação do professor Hermes C. Alvarenga. Durante a sua trajetória de estudos, já participou de diversos festivais nacionais e internacionais.

O maestro – O pessoense Luiz Carlos Durier é o regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem há 15 anos e regente assistente da OSPB desde 2001. O seu trabalho artístico e pedagógico, juntamente com a pesquisa musical de repertório, direcionado para jovens músicos em formação tem reconhecimento em todo o Brasil. Suas interpretações cativantes e criativas produzem sempre sucesso de público e crítica. Sob sua batuta já se tornou tradição a Jovem apresentar estréias mundiais com excelente qualidade técnica.

 

 

Programa

* Albert Ketelbey (1875 – 1959) – Num Mercado Persa

* Tradicional Chinês – Flor de Jasmim – Orquestração: Liu Li; Canção Noturna de um Pescador – Orquestração: Dom Chang; Canção Pastoral, Primavera em Xin Jiang. Solista: Rodrigo Eloy

* Claude-Michel Schönberg (1944) – Les Miserables / Seleção de Temas, Arranjo: Bob Lowden

* Maestro Duda (1929) – Seleção Capiba

* Johann Strauss (1804 -1849) – Marcha Radetzky

* Leroy Andreson (1908 – 1975) – Um Festival de Natal

 

Serviço

Data: 8/12

Hora: 21h

Local: Cine Bangüê – Espaço Cultural – João Pessoa

Entrada gratuita