João Pessoa
Feed de Notícias

Sete novas indústrias vão gerar mais de dois mil empregos na Paraíba

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010 - 21:39 - Fotos: 

O governador José Maranhão assinou no início da noite desta segunda-feira (25), no Palácio da Redenção, o protocolo de intenções para a instalação de sete novas unidades industriais no Estado. Durante a solenidade, o governador José Maranhão empossou Carlos Mangueira na Secretaria da Cidadania e Administração Penitenciária (Secap). Já Socorro Gadelha, igualmente nomeada com Mangueira, vai ser empossada na Cehap em data ainda a ser marcada.

Mais sete indústrias vão se instalar na Paraíba e gerar 2.693 empregos. Os investimentos são da ordem de R$ 461.2 milhões em três indústrias para João Pessoa e outras quatro a serem instaladas nas cidades de Itabaiana, Caaporã, Coremas e Pedras de Fogo. Em Coremas, a Enerbrax Projetos e Participação S/A investirá R$ 440 milhões na geração de energia solar e produtos orgânicos, hortaliças, verduras e mudas de plantas para indústria de cosméticos.

A área total desse empreendimento (Enerbrax), que vai gerar 2.000 empregos durante sua instalação, é de 300 hectares. Em funcionamento, a indústria vai incorporar entre 350 a 500 novos postos de trabalho.

Investimentos – Maranhão destacou o volume de investimentos a ser realizado pelos sete grupos empresariais e desejou aos novos parceiros do Governo do Estado sucesso em seus empreendimentos. O governador afirmou que a solenidade foi singela porque “o momento é de luto, em face da morte da amiga e auxiliar do governo, Fátima Lopes”. Ele ressaltou o caráter modernizador das empresas, todas enquadradas dentro dos requisitos técnicos exigidos pela Companhia de Desenvolvimento do Estado da Paraíba (Cinep), através do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento do Estado (FAIN), com destaque para a empresa que vai gerar energia solar em Coremas.

Ainda na solenidade, o governador assinou decreto tornando sem efeito o repasse, no passado, de terrenos da Cinep para empresários. “Como não houve investimentos, nem a abertura de indústrias, o governo está requerendo de volta os terrenos para futuros empreendimentos de quem realmente deseje investir na Paraíba”. Uma outra notícia importante foi a doação de um terreno na cidade de Santa Rita para que a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) instale um campus.

Energia limpa – Em nome dos empresários falou o diretor executivo da Enerbrax, Hélcio Garcia Camarinha, afirmando que tem conhecimento “do trabalho desenvolvido pelo governador que é chamado de mestre de obras”, e adiantou que o projeto de trazer a indústria para a Paraíba vai gerar energia limpa e atender à sustentabilidade, ao sócio-econômico, transformando a vida das pessoas em torno do empreendimento.

“Esse empreendimento só está aqui em razão do apoio, de todas as condições que nós conseguimos encontrar dentro do Estado governado por Vossa Excelência”, declarou  Hélcio Camarinha.

Segmentos – A assinatura do protocolo de intenções beneficia as empresas através do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento do Estado da Paraíba (FAIN), com investimentos na ordem de R$ 460.200.000,00, envolvendo os segmentos da alimentação, metalúrgica, produtos médico-hospitalares, energia elétrica, entre outros. São cinco municípios beneficiados com as novas unidades industriais, sendo três dessas instaladas em João Pessoa e as demais em Itabaiana, Caapora, Pedras de Fogo e Coremas.

Somente em João Pessoa serão gerados 290 novos empregos com a instalação das empresas Chemone – Industrial Química do Nordeste Ltda, a Inpermetal – Indústria e Comércio de Produtos Metalúrgicos Ltda. e a Asher Medical Industrial Ltda. A Chemone atua no ramo da fabricação de domissanitários, produtos utilizados no combate a pragas, e compromete-se a instalar a sua unidade industrial no prazo de 12 meses a partir da assinatura de protocolo.

Produtos – A Inpermetal, uma metalúrgica que produz, comercializa e monta produtos metalúrgicos, vai gerar 180 empregos, enquanto que a Asher Medical abrirá 60 vagas. O município de Itabaiana ganhará 40 novos empregos com a instalação da Primordial Charque Beneficiadora Ltda., prevendo uma produção estimada em 3.600.000 quilos de charque por ano, para o mercado nacional.

Já a Votorantim Cimentos Norte e Nordeste S/A, empresa que vai gerar 273 novos empregos no município de Caaporã, iniciará com uma produção de 60.500 toneladas/mês de cimento, além de uma nova linha de argamassa a ser implantada nos próximos cinco anos. No município de Coremas serão gerados 2.000 postos de trabalho com a implantação da Enerbrax Projetos e Participações S.A., uma empresa de geração de energia elétrica e produtos orgânicos, hortaliças, verduras, mudas de plantas para indústria de cosméticos. Em Pedras de Fogo a Granplas Resinas Termopláticas Ltda vai gerar 90 empregos e investir R$ 1 milhão.

De acordo com o presidente da Cinep, João Laércio Fernandes, empresários de diversos Estados estão interessados em se instalar na Paraíba. “Nós somos procurados diariamente por empresários de São Paulo, Paraná e de Pernambuco, nosso vizinho, querendo se instalar na Paraíba. Temos dado toda atenção sempre procurando ser bastante transparentes, pois só prometemos o que podemos fazer. A nossa mensagem tem sido bem recebida e a maior prova disso é a assinatura de protocolos de intenção”, disse João Laércio.

Carlos Mangueira – Em discurso de posse na Secretaria da Cidadania e Administração Penitenciária (Secap), Carlos Mangueira lamentou a perda da defensora pública Fátima Lopes. Agradeceu ao governador pelo novo desafio e prestou contas de sua gestão à frente da Cehap por um período de dez meses.

Ele afirmou que honrará com os compromissos na nova missão e parabenizou o trabalho realizado por seu colega Roosevelt Vita, deixando tudo na mais absoluta organização administrativa o sistema prisional da Paraíba. Vários secretários e políticos participaram da solenidade. O deputado estadual Trócolli Júnior falou em nome da bancada governista na Assembléia Legislativa do Estado.

Josélio Carneiro e Tereza Duarte, com fotos de Ernane Gomes, da Secom-PB