Fale Conosco

11 de novembro de 2013

SES treina profissionais sobre ficha de notificação de violência doméstica



Profissionais da área de saúde de todo o Estado (enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais) recebem nesta terça-feira (12) treinamento sobre a ficha de notificação de casos de violência doméstica, sexual e de outros tipos. A capacitação ocorrerá das 8h30 às 16h30 no Hotel Pousada Corais de Carapibus, no município do Conde.

Existe subnotificação de casos de violência porque alguns profissionais não têm conhecimento da ficha, por não saber que ela é compulsória ou receiam preenche-la por temer algum tipo de envolvimento com o caso. Daí a necessidade da capacitação para informar, orientar e atualizar esses profissionais”, explicou Gerlane Carvalho, coordenadora do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, da Secretaria Estadual de Saúde.

Segundo Gerlane, o evento tem como objetivo melhorar a qualidade das informações no preenchimento da ficha, mostrando a importância do trabalho correto e sensibilizar os profissionais que recebem essas vítimas de violência, envolvendo crianças, adolescentes, mulheres e idosos. “O profissional deve ter sensibilidade para fazer uma abordagem sutil, de forma humanizada, para que a vítima sinta-se acolhida por toda a equipe multiprofissional”, explicou.

Na ficha de notificação de violência são anotadas informações como tipo de violência; faixa etária da vítima; sexo; local onde mora, dados referente ao agressor, etc. De posse dessas informações pode-se ter um perfil da violência no Estado, o que contribui para o plenejamento das ações da Rede Estadual de Atenção a Mulher, Criança e Adolescente em Situação de Violência, formada pelas Secretarias de Estado da Saúde e da Mulher e Diversidade Humana; Ministério Público; Tribunal de Justiça; Delegacia da Mulher e outros parceiros.