Fale Conosco

8 de junho de 2012

SES realiza ações de prevenção a queimaduras e conscientiza a população sobre doação de sangue



A Secretaria de Estado da Saúde (SES) realiza neste mês de junho ações de prevenção e conscientização sobre queimaduras e doação de sangue. Os Hospitais de Emergência e Trauma de João Pessoa e Campina Grande lançaram campanhas com distribuição de panfletos e folders e realização de palestras em escolas.

De acordo com Andréa Borges, coordenadora da unidade de queimados do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, a principal recomendação se dirige às crianças, principalmente no manuseio de fogos de artifício, ou dentro de casa, nas áreas onde se concentram itens de risco, como a cozinha. “A prevenção evita que aconteça acidentes mais graves. Por isso, esperamos que a campanha seja uma fonte esclarecedora dos riscos, e que a partir dessas informações a população atente para as consequências das queimaduras”, argumenta.

Os Hospitais de Trauma de João Pessoa e Campina Grande possuem Unidades de Terapia de Queimados com atendimento ambulatorial e hospitalar. O telefone do Trauma-JP é 3216.5700 e o do Trauma-CG é 3310.5850 – Ramal 5906.

Sangue – Os Hemocentros de João Pessoa e Campina Grande realizam campanha para normalizar o estoque de sangue. Nesta época, a demanda cresce devido ao aumento de acidentes de trânsito e pessoas vítimas de queimaduras.

De acordo com a diretora geral Sandra Sobreira, o Hemocentro da Paraíba, em João Pessoa, recebe uma média de 200 doadores por dia, número que diminui em 50% nos períodos de festa. “Normalmente recebemos entre 150 e 200 doadores por dia, o que não é suficiente para manter os estoques abastecidos, e esse número cai pela metade em períodos como Carnaval e São João. Isso é preocupante, pois justamente nesses períodos a demanda aumenta. São necessários, no mínimo 200 doadores por dia para trabalharmos com tranquilidade, sem o perigo de faltar estoque”, explica.

O doador de sangue deve ter entre 16 e 67 anos, 11meses e 29 dias (se for menor de 18 anos, é necessário autorização do responsável legal) e pesar acima de 50 quilos. Além disso, o doador deve ter dormido normalmente nas últimas 24 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, estar alimentado (respeitando intervalo de duas horas após o almoço) e estar saudável.

Segundo Sandra Sobreira é importante a fidelização do doador. “Buscamos conscientizar as pessoas da importância da doação de sangue doar regularmente. A doação de sangue é um ato de amo ao próximo”.

Além do Hemocentro da Paraíba, localizado em João Pessoa, o Estado conta com o Hemocentro Regional, em Campina Grande, e mais 11 Hemonúcleos nas cidades de Guarabira, Itabaiana, Picuí, Monteiro, Patos, Piancó, Princesa Isabel, Itaporanga, Catolé do Rocha, Sousa e Cajazeiras.

Os telefones do Hemocentro de João Pessoa são 3218-7698/7690 e o de Campina Grande são 3310-7130 e 3310-7150.