João Pessoa
Feed de Notícias

SES qualifica profissionais para combate à dengue em Patos

quinta-feira, 10 de março de 2011 - 10:25 - Fotos: 

A Secretaria de Saúde do Estado (SES) realiza nesta sexta-feira (11) dois eventos na cidade de Patos para discutir estratégicas para o controle e combate à dengue no município, que já registrou este ano 330 casos da doença.

Pela manhã, a Gerência Executiva de Vigilância em Saúde da SES reunirá profissionais de saúde de todos os municípios que integram a 6a Gerência Regional de Saúde para treiná-los em atendimento baseado na classificação de risco. À tarde, o encontro será com o Conselho Regional de Medicina, que participará de uma discussão na Câmara municipal abordando o tema dengue com todos os médicos da cidade.

Essa qualificação em atendimento baseado na classificação de risco aconteceu no último dia 2 em João Pessoa e reuniu profissionais dos 25 municípios da 1a Gerência Regional de Saúde, com exceção de João Pessoa que já tinha realizado esse encontro.

A exemplo do que aconteceu na Capital, em Patos, cada município receberá um guia de Vigilância Epidemiológica e cartazes de classificação de risco, normas e protocolos para coleta, acondicionamento e transporte de amostras, cópia da portaria 104 / 2011, entre outros documentos para dar suporte às ações educativas e de mobilização nos municípios.

A Gerente Executiva de Vigilância em Saúde da SES, Júlia Vaz explicou que cada município deverá enviar três profissionais que se tornaram multiplicadores para Diagnóstico, Vigilância Epidemiológica, Manejo Clínico e atendimento baseado na classificação de risco do paciente com suspeita de dengue no seu território.

Durante essas capacitações os profissionais de saúde recebem orientações sobre coleta, acondicionamento e transporte dos exames de sorologia e virologia para dengue, manejo clínico e classificação de risco do paciente, notificação, investigação e sistemas de informação.

A Paraíba apresenta para este ano um cenário composto de 60 municípios com risco muito alto para ocorrência de uma epidemia de dengue, 57 com risco alto, 51 com risco moderado e 55 com risco baixo, conforme dados disponibilizados pela Secretaria de Estado da Saúde. Júlia Vaz explica que o coeficiente de incidência da dengue no Estado é de 36,1 por cem mil habitantes, índice satisfatório, e de forma geral, considerado baixo. No entanto, superior ao esperado para o mês de fevereiro.

No caso de Patos, Júlia Vaz enfatiza que a preocupação da SES se pauta no fato do município somar o maior número de casos no Estado, e apresentar uma incidência que toma rumo ascendente, bem acima do considerado padrão da normalidade.

Por causa dessa situação, a SES vem realizando reuniões junto à Secretaria Municipal de Saúde, aos estabelecimentos de saúde, com os agentes de controle de endemias e agentes comunitários, abordando as linhas de assistência, vigilância epidemiológica, controle vetorial, laboratório e mobilização da população, explica.

Em João Pessoa – No dia 15 deste mês, a Secretaria de Estado da Saúde vai aproveitar a ação comemorativa ao Dia Estadual de Combate ao Tabagismo para inserir o tema dengue na pauta, criando a oportunidade de mais uma grande mobilização da população que será realizada no Ponto de Cem Reis, em João Pessoa, área de grande fluxo de pessoas.