Fale Conosco

24 de janeiro de 2013

SES participa de evento em comemoração ao Dia Municipal da Paz no Trânsito



Ações integradas que culminarão com um culto ecumênico, às 18h, no Busto de Tamandaré, na praia de Tambaú, em João Pessoa, marcam o Dia Municipal da Paz no Trânsito, nesta quinta-feira (24). As atividades ocorrem em memória da defensora pública Fátima Lopes, que morreu em acidente de trânsito na Avenida Epitácio Pessoa, e das demais vítimas da violência no trânsito.

Uma planfletagem às 6h, na BR-230, em frente à sede da Semob, iniciou a programação e uma outra panfletagem, começou às 10h, no Parque Solon de Lucena (Lagoa). Ao meio-dia está previsto o ‘Abraço da Paz’ no cruzamento da Avenida Epitácio Pessoa com a Rua Prefeito José Leite (local do acidente que vitimou Fátima Lopes).

A última atividade será o culto ecumênico, antecedido por depoimentos de familiares das vítimas da violência no trânsito. Um momento cultural, com apresentação da banda Forró das Mina e participação do cantor Ramon Schnayder, fecha a programação no Busto de Tamandaré.

O Dia Municipal da Paz no Trânsito foi instituído pela Lei 11.973/2010, proposta pelo vereador Bruno Farias (PPS). O evento contará com a presença do secretário de Estado da Saúde, Waldson Dias de Souza, e de Carol Lopes, filha de Fátima Lopes.

A finalidade é despertar a sociedade, bem como o Poder Público, acerca dos índices alarmantes de acidentes no trânsito. “Convidamos todos a participarem. A sociedade precisa estar unida e consciente, pois só assim poderemos diminuir o número de vítimas e de acidentes”, diz o vereador Bruno Farias.

Carol Lopes pede que a sociedade se una pela causa: “Os acidentes de trânsito representam uma perda enorme para toda a sociedade, não só para os familiares das vítimas. As leis existem, elas estão ai, a lei seca é uma realidade. Precisamos que os três poderes andem juntos, pois assim vamos conseguir diminuir o número de acidentes de trânsito. A sociedade deve se unir por essa luta”, disse.

O secretário Waldson Dias de Sousa diz que é necessário que o trabalho de educação e prevenção, relacionado aos acidentes, seja contínuo, assim como a conscientização por parte da população. “O Governo do Estado coloca à disposição da população vários hospitais e outros serviços de saúde, não só na área de traumatologia, como também em outras especialidades”, lembrou o secretário.

A campanha pela paz no trânsito tem o apoio da Fundação Fátima Lopes, Governo do Estado da Paraíba, OAB-PB, Funjope, Detran, BPTran, Semob, Polícia Rodoviária Federal, Hospital de Trauma, Cruz Vermelha, Samu e empresa Transnacional.

Números dos Hospitais de Trauma

O número de ocorrências registradas no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, entre o último dia de 2012 e o primeiro dia de 2013 caiu 35,3% em relação ao mesmo período do ano passado. A queda de quase 50% no número de acidentes de motocicleta, campeã no número de ocorrências, foi o principal motivo da redução nos atendimentos. Os acidentes de automóvel (-37,5%) e os atropelamentos (-33,3%) também registraram queda.

Hospital de Trauma de João Pessoa
NATAL
Motivo

Jan

Automóvel

14

Bicicleta

6

Moto

100

Ônibus

0

Atropelamento

20

Total

140

* números do dia 22 ao dia 25
ANO NOVO
Motivo

Jan

Automóvel

10

Bicicleta

11

Moto

81

Ônibus

0

Atropelamento

12

Total

114

* números do dia 29 ao dia 1º

 

Já o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Dom Luis Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, atendeu 1.161 pacientes, entre urgências e emergências entre os dias 22 e 25 de dezembro.

No período de 29 de dezembro a 1º de janeiro deste ano foram 1.093 pacientes atendidos no Hospital de Trauma de Campina Grande, entre urgências e emergências.