Fale Conosco

22 de junho de 2012

SES participa de 1º Fórum Paraibano de Práticas de Educação em Saúde



A Gerência Operacional DST/Aids, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), está apoiando a realização do 1º Fórum Paraibano de Práticas de Educação em Saúde, que será realizado pela Associação de Prevenção a Aids (Amazona) no dia 5 de julho em João Pessoa.

O evento também conta com a parceria da Rede de Prevenção as DST/HIV/Aids e Hepatites Virais, Fórum ONG/Aids e Hepatites Virais e com a Seção Municipal de DST/HIV/Aids de João Pessoa. As discussões começarão às 8h e irão até às 17h no auditório do Centro Formador de Recursos Humanos da Paraíba (Cefor-PB).

O fórum se propõe a ser um espaço de articulação e reflexão coletiva que possa reforçar e reorientar as ações de forma a incentivar o diálogo em torno da intersetorialidade da saúde e educação.

De acordo com a gerente operacional DST/Aids, Ivoneide Lucena, o fórum é um ponto de partida para o fortalecimento de ações integradas que fortaleçam e ampliem a discussão de temas como a sexualidade e a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis nas escolas, especialmente no interior do Estado. “No Fórum, teremos a oportunidade de conhecer e verificar de que forma essas temáticas estão sendo apresentadas nas escolas e como esta intersetorialidade da saúde e educação está sendo construída. A partir de então, teremos condições de elaborar estratégias que consigam, através da informação, reduzir a vulnerabilidade dos adolescentes diante do risco destas infecções”.

Um mesa-redonda abre, às 8h15, a programação do evento, abordando a discussão dos avanços e desafios desta intersetorialidade. As discussões continuam na parte da tarde, após apresentação do espetáculo “Boi de Fêra” da Associação de Prevenção a Aids.

Os grupos de trabalhos discutirão os temas Juventudes e a Educação em Saúde; Promoção em Saúde e a Educação Permanente; Desatando os Nós da educação em saúde nos espaços da Escola e Direitos Humanos: Saúde e Educação dialogando os estereótipos de gênero e homossexualidade, a partir das 13h30.

Capacitação – A Secretaria de Estado da Saúde (SES) já elaborou projeto para realização do 1º Curso de Formação Sexualidade, Prevenção das DST/Aids e Hepatites Virais. O projeto prevê o curso no sistema de Ensino à Distância, com 300 vagas para professores da rede estadual de ensino, com duração de seis meses.

Segundo a gerente operacional DST/Aids da SES, Ivoneide Lucena, a capacitação irá qualificar professores para quem possam tratar das temáticas relacionadas à sexualidade e à prevenção das DST/Aids e Hepatites Virais nas escolas. “Os adolescentes estão iniciando a vida sexual cada vez mais cedo e infelizmente ainda acham que o HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis estão estampados no rosto das pessoas e acabam não usando preservativos, porque acabam sendo levados apenas pela aparência saudável dos parceiros. É sem dúvidas uma faixa etária muito vulnerável a estas infecções e acreditamos que através dos professores poderemos atingir estes jovens e diminuir os riscos de contágio”.