João Pessoa
Feed de Notícias

SES notifica 3.730 casos de dengue no Estado e 49 cidades ainda não registraram doença

segunda-feira, 28 de março de 2011 - 15:24 - Fotos: 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) notificou 3.730 casos de dengue, de acordo com o boletim epidemiológico da semana número 11. Deste total, nove são de dengue hemorrágica. Nenhum óbito foi registrado até agora. O índice da doença está em 93,2 em cada 100 mil habitantes, o que ainda é considerado baixo. A SES chama a atenção de 49 municípios paraibanos que até o momento não notificou nenhum caso suspeito da doença.

“Diante da atual situação da dengue no país o fato de 49 municípios não notificarem nenhum caso da dengue nos reporta a possibilidade de subnotificação de casos nestes territórios, ou, a improvável inexistência da circulação do Aedes aegypti nestas áreas”, destaca a gerente de Vigilância em Saúde da SES, Júlia Vaz.

Os municípios que não tiveram nenhuma notificação são: Alcantil, Amparo, Aroeiras, Assunção, Baía da Traição, Barra de São Miguel, Boa Ventura, Bom Jesus, Cacimba de Dentro, Cajazeirinhas, Caldas Brandão, Caraúbas, Casserengue, Congo, Cruz do Espírito Santo, Cubati, Curral de Cima, Fagundes, Gurjão, Itatuba, Jericó, Lagoa e Lastro.

Também não notificaram casos dengue Mataraca, Matinhas, Nova Palmeira, Passagem, Paulista, Pedro Régis, Pilar, Pilões, Riachão, Riachão do Poço, Riacho de Santo Antônio, Santa Cecília, São Bento, São Bento de Pombal, São Domingos de Pombal, São Domingos do Cariri, São João do Cariri, São José de Princesa, São Miguel de Taipu, Seridó, Serra Redonda, Serraria, Soledade, Tavares, Umbuzeiro e Vieirópolis.     

“Tendo como base a localização dos municípios que não registraram casos de dengue em 2011 se observa que entre eles 16 formam um cinturão que literalmente divide o estado em dois blocos. Diante deste achado, a Secretaria de Estado da Saúde vai iniciar uma série de visita a estes municípios para melhor entender o que acontece nestes territórios e qual a influencia desta situação no controle da dengue na Paraíba”.

Sinal de alerta – Segundo informações do novo boletim, o Ministério da Saúde considera três níveis de incidência de dengue para classificar a doença em relação à população: incidência baixa, quando há até 100 casos em cada 100 mil habitantes; incidência média, quando alcança de 100 a 300 casos em cada 100 mil habitantes, e, incidência alta a partir de 300 casos em cada 100 mil habitantes, podendo neste patamar indicar epidemia.

“A incidência da dengue na Paraíba está em 93,2 em cada 100 mil habitantes. É considerada baixa, mas muito próxima do limite deste parâmetro, o que sinaliza alerta para a necessidade de intensificar fortemente as ações de vigilância, prevenção e controle”, ressalta Júlia Vaz.

Ainda de acordo com gerente, foi encaminhado ao Laboratório de Pernambuco um total de 40 amostras na tentativa conhecer o vírus que no momento circula no Estado,  mas o resultado ainda não foi concluído. “Diante da situação, não podemos afirmar qual dos sorotipos no momento está circulando no nosso território”, finalizou.