João Pessoa
Feed de Notícias

SES inicia campanha de vacinação contra gripe comum e H1N1

segunda-feira, 25 de abril de 2011 - 11:50 - Fotos:  José Lins/Secom-PB

Idoso é vacinado. Foto: José Lins/Secom-PB

A campanha de vacinação contra gripe comum e H1N1 começou nesta segunda-feira (25) na Paraíba com uma meta de imunização de 620 mil pessoas entre crianças de seis meses a dois anos de idade, idosos, população indígena, gestantes e profissionais da saúde.

O Dia D de mobilização será no próximo sábado (30) com abertura oficial no Ponto de Cem Réis, em João Pessoa. Ao todo, participarão da ação nos 223 municípios 1.100 postos de saúde e 5 mil profissionais.

O Centro de Referência em Imunização de João Pessoa (antigo Lactário da Torre) recebeu alguns idosos logo nas primeiras horas da manhã desta segunda, primeiro dia de campanha. Um exemplo foi o aposentado João Leite do Nascimento, de 67 anos: “Todo ano tomo minha vacina, venho logo no primeiro dia porque quando deixo para o final fica muita gente”, afirma.

Para a também aposentada Maria Isabel Nascimento, este ano, existe um motivo a mais para tomar a vacina. “Fiquei sabendo que agora, com uma única dose, a gente fica imunizada contra dois tipos de gripe, a H1N1 e a gripe comum. Ficou muito bom e desde que comecei a tomar a vacina da gripe nunca mais tive nem um resfriado”, relata.

Alerta – A coordenadora de imunização da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Missania Moreira, chama a atenção sobre a importância da vacina que imuniza contra dois tipos de gripe. “Muita gente diz que não tem tempo para ir se vacinar ou levar a criança, mas as conseqüências de quem não se imuniza podem ser graves, desde uma internação até levar a óbito quando o caso fica grave”, frisa. A única contraindicação para tomar esta vacina é para quem tem alergia grave ao ovo de galinha.

As crianças precisam tomar duas doses da vacina para ficarem imunizadas, por isso Missania Moreira pede que os pais não relaxem: “A criança só fica imunizada com as duas doses”, lembra. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) recebeu do Ministério da Saúde 355 mil doses da vacina, as demais devem chegar até o final desta semana.