João Pessoa
Feed de Notícias

SES incentiva prevenção a Aids e distribui 2 milhões de camisinhas

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010 - 19:32 - Fotos: 
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) continua com a campanha de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis no Carnaval. Nesta sexta-feira (12), os técnicos da Gerência Operacional das DST/Aids devem distribuir mais de 20 mil preservativos e material educativo com os foliões do bloco ‘Cafuçu’, no Projeto Folia de Rua. A ação teve início no último dia 5, no bloco ‘Picolé de Manga’, que abriu as prévias carnavalescas de João Pessoa, e deve se estender até a terça-feira (16) de Carnaval. Até lá devem ser distribuídos quase 2 milhões de camisinhas em eventos carnavalescos de todo o Estado.

No dia 7 deste mês, os técnicos realizaram o trabalho educativo e preventivo no bloco As Virgens de Tambaú e, no dia 10, a ação foi realizada no bloco Muriçocas do Miramar. Esta ação conta com a participação de técnicos de nível superior. São profissionais da Gerência Operacional das DST/Aids e do Núcleo de Educação em Saúde da SES como também do Hospital Clementino Fraga e da Maternidade de Pedras de Fogo.

A gerente Operacional das DST/Aids da SES, Marta Brasileiro, explicou que durante a apresentação dos blocos de carnaval, uma equipe de técnicos fica na concentração distribuindo preservativos e material educativo enquanto outra sai no meio da multidão fazendo o mesmo serviço. Marta Brasileiro disse que a recepção dos foliões está sendo boa. “Muitas vezes são eles que nos procuram para pegar as camisinhas e os folders e isso mostra que realmente existe a preocupação deles em se proteger e, ao mesmo tempo, se informar sobre as Doenças sexualmente Transmissíveis e a Aids”, avaliou Marta Brasileiro.

Teste rápido – Além dos blocos do Projeto Folia de Rua, a campanha de prevenção às DST/Aids também será realizada nos quatro dias de Carnaval, em Baía de Traição, Jacumã, Cabedelo e na Praia de Acaú, em Pitimbu. Nesses quatros municípios, deverão distribuídos 230.400 preservativos e material educativo. Os foliões também poderão fazer o teste rápido para o diagnóstico da Aids com pré e pós-aconselhamento. O restante dos preservativos serão distribuídos entre as 13 Gerências Regionais de Saúde, ONGs, postos fiscais do Estado e instituições, como Correios e Telégrafos, Senac e Sesc.

Dados de Aids – Na Paraíba, entre 1985 e 2009, foram registrados 3.284 casos de Aids, sendo 2.275 em homens e 1.009 em mulheres.  Este ano, a SES já confirmou oito casos em homens e sete em mulheres. A SES estima que mais de 7,8 mil paraibanos tenham o vírus e não saibam.  De acordo com a Gerência Operacional das DST/Aids, em 2008 foram registrados 247 casos novos de Aids, sendo 161 em homens e 86 em mulheres. Em 2009, a doença foi confirmada em 237 pessoas do sexo masculino e em 128 do sexo feminino, totalizando 365 casos. Destas, 150 estavam na faixa etária entre 35 e 49 anos e 152 na faixa etária de 20 a 34 anos.

Da Assessoria de Imprensa da SES/PB