Fale Conosco

10 de novembro de 2010

SES e municípios realizam atividades alusivas ao Dia Mundial do Diabetes



Dados do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco por Inquérito Telefônico (Vigitel) apontam que na Paraíba existem 215 mil diabéticos, o que corresponde a 5,7% da população de 3.769.954 pessoas divulgada em 2009 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, (IBGE). Para alertar sobre o problema, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parcerias com os 223 municípios e uma instituição particular de ensino, realiza nesta sexta-feira (12) uma série de atividades alusivas o Dia Mundial do Diabetes, que será lembrado no próximo domingo (14).

A chefe do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis da SES, Lourdes de Fátima Sousa, explicou que cada município realizará a sua programação de acordo com a realidade local e o Estado vai contribuir com a distribuição de material educativo. Em João Pessoa, alunos do Instituto Superior de Educação da Paraíba (Iesp), sob a orientação da professora Simone Travassos,  irão realizar o teste de glicemia capilar que diagnostica a taxa de glicose no sangue. O evento será das 7 às 10 horas da manhã no Busto de Tamandaré, na Praia de Tambaú. As pessoas que passarem pelo local irão receber também material educativo sobre as formas de prevenção e tratamento da doença.

Lourdes de Fátima Sousa explicou que anualmente a Secretaria de Estado da Saúde tem realizado ações com todos os municípios paraibanos com o objetivo de qualificar os profissionais de saúde que atuam na identificação, monitoramento e controle da diabetes. Ela disse que ainda este ano a SES pretende realizar uma atualização sobre a doença para médicos e enfermeiros da rede básica de saúde. “Para que este evento aconteça estamos dependendo apenas da liberação do material técnico por parte do Ministério da Saúde”, disse.

Outros dados – Ainda de acordo com o Vigitel, ano passado 1.594 pessoas morreram por causa da diabetes na Paraíba e este ano, até o mês de setembro, o número de óbitos foi de 1.055. Com relação às internações, em 2009 foram 2.951 em este ano, até o mês de setembro, 692 pessoas foram internadas em conseqüência da doença.

Sobre a doença – O diabetes é uma síndrome metabólica caracterizada pelo excesso de glicose no sangue. O problema é causado pela redução ou falta de insulina, um hormônio produzido pelo pâncreas.  A enfermidade pode ocasionar diversas complicações, entre as quais, cegueira, derrame cerebral, impotência sexual, infecções e insuficiência renal.
O diagnóstico precoce, seguido do controle do nível de açúcar no sangue, contribui para a prevenção desses males. Hereditariedade, obesidade, infecções graves, gravidez, cirurgias, estresse, envelhecimento e sedentarismo são alguns dos fatores que concorrem para o aparecimento do diabetes. A enfermidade apresenta alguns sintomas: sede exagerada, perda de peso, muita fome, desânimo, fadiga, tremores, visão embaraçada e cicatrização difícil, entre outros
Existem dois tipos de diabetes: insulino dependente (1) e não insulino dependente (2). O tipo 1 é mais comum em crianças, adolescentes e adultos jovens, acometendo de 5% a 10% das pessoas que sofrem da doença. Os sintomas têm início súbito e a evolução clínica é rápida, se não for tratado com aplicações de insulina.

Já o tipo 2 tem uma incidência maior em adultos após os 40 anos e corresponde a 90% das pessoas que sofrem da doença. Entre os portadores do tipo 2, entre 60% e 90% são obesos. Ao contrário do tipo 1, neste caso os sintomas têm início lentamente, podendo a doença permanecer assintomática por muito tempo.

Da Assessoria de Imprensa da SES/PB