Fale Conosco

18 de março de 2014

SES avalia bom desempenho da campanha de vacinação contra o Sarampo



A Secretaria de Estado da Saúde (SES) encerrou em 14 de março a campanha emergencial de vacinação contra o sarampo. A campanha teve início em 26 de fevereiro, nos municípios de Bayeux, Cabedelo, Conde, João Pessoa e Santa Rita, sendo promovido no dia 8 de março o dia D de vacinação nesses municípios. A campanha tinha por objetivo imunizar crianças de seis meses a cinco anos de idade. De acordo com dados coletados na manhã desta terça-feira (18), no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde (SI-PNI), a Paraíba atingiu 58,36% do público alvo.

No estado, apenas o município do Conde ultrapassou a meta, vacinando 98,82% das crianças. A cidade de João Pessoa imunizou 53,59%, Bayeux 62,96%, Cabedelo 63,41% e Santa Rita 68,68%. De acordo com a enfermeira do Núcleo de Imunização da SES, Maria do Carmo, esses números não são definitivos, pois os municípios têm até a próxima semana para atualizar os dados no sistema. “A campanha emergencial foi encerrada, mas os municípios ainda têm até dia 25 para digitar e incluir os números nos sistema de informação, e só assim vamos saber o real alcance da campanha”, disse. 

A campanha emergencial de vacinação contra o sarampo teve por objetivo interromper a cadeia de transmissão do sarampo na região Nordeste, uma vez que os estados do Ceará e Pernambuco apresentam um surto da doença. A meta da campanha era vacinar 95% de 70.747 crianças no estado. Segundo Maria do Carmo, a SES avalia como satisfatório o resultado da campanha emergencial contra o sarampo. “Mesmo com os números ainda em aberto no sistema, já podemos dizer que o resultado da campanha foi bom. Estivemos presente acompanhando em alguns municípios vimos que a procura foi boa. Creio que com a consolidação dos números possivelmente atingiremos a meta estipulada”, explicou.

A enfermeira da SES ainda lembrou que a vacina contra o sarampo não está mais disponível de forma emergencial, mas continua sendo oferecida para seu público regular do calendário de vacinação, ou seja, crianças que vão tomar a primeira dose (com 1 ano)  e o reforço (com 1 ano e 3 meses). 

Importância da Vacinação – O sarampo é uma doença de elevada transmissibilidade que pode atingir crianças e adultos. A transmissão acontece diretamente de pessoa para pessoa, através das secreções expelidas ao tossir, espirrar ou falar. Em 2013, o Ministério da Saúde registrou 200 casos da doença, sendo 190 na região Nordeste.