Fale Conosco

24 de fevereiro de 2012

SES apoia Campanha da Fraternidade 2012 que tem como tema “Fraternidade e Saúde Pública”



A Secretaria Estado da Saúde (SES) vai apoiar a Campanha da Fraternidade 2012 – evento realizado anualmente pela Igreja Católica e que este ano trabalha o tema “Fraternidade e Saúde Pública”, sob o lema “Que a saúde se difunda sobre a terra”. O secretário Waldson Dias de Souza vai participar da abertura oficial da campanha, às 19h30 desta sexta-feira (24), no Teatro Paulo Pontes do Espaço Cultural, em João Pessoa.

O objetivo da Campanha da Fraternidade 2012 é refletir sobre a realidade da saúde no Brasil, suscitando o espírito fraterno e comunitário das pessoas na atenção aos enfermos e se mobilizando por melhorias no sistema público de saúde.  Assim como aconteceu em 2008, a Arquidiocese da Paraíba volta a sediar a abertura oficial da Campanha da Fraternidade no Regional NE 2 da CNBB, que compreende quatro Províncias Eclesiásticas (Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Alagoas).

Waldson destacou que o Governo do Estado está trabalhando para garantir a oferta de serviços de qualidade para a população. Entre as diversas ações na saúde pública, ele lembrou do investimento de R$ 2 milhões na reforma da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, inaugurada no último dia 14, que permitiu aumento de 95,8% no número de leitos do setor. “Também será aberta a licitação para construção do Hospital Metropolitano de Santa Rita”, observou.

Outro investimento, de R$ 24, 8 milhões, está sendo feito em reformas e ampliação de seis unidades de saúde, entre hospitais e maternidades, localizadas em várias regiões do Estado. Entre esses estabelecimentos, a Unidade Mista de Belém do Brejo do Cruz e o Hospital Alice de Almeida, em Sumé, já tiveram as obras concluídas. Esses hospitais e maternidades atendem, juntos, a 127 municípios paraibanos – e depois das reformas, oferecerão 509 leitos.

Ele também lembrou que o governo está criando Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) em todo o Estado. As de Princesa Isabel, Cajazeiras e Guarabira, por exemplo, vão atender um total de mais de 400 mil pessoas em suas respectivas regiões. A primeira inaugurada foi a de Guarabira, no último dia 26 de novembro. Ainda neste ano, serão inauguradas a de Cajazeiras e a de Princesa Isabel.

Waldson destacou a humanização dos serviços de saúde e apontou como exemplo o sistema que usa redinhas para simular o útero da mãe no Hospital Edson Ramalho. As redes são inseridas nas incubadoras e os bebês são colocados dentro, em posição adequada e confortável. Também comentou sobre o “Método Mãe Canguru” da Maternidade Frei Damião, que atende a cerca de trinta recém-nascidos mensalmente.

Ainda foi mencionado o comitê Movimento Vida no Trânsito, que tem o objetivo de prevenir acidentes e reduzir o índice de mortes no trânsito no Estado. O comitê reúne órgãos da administração direta e indireta, além da sociedade civil organizada.

Programação – Após a abertura da campanha, acontecerá a conferência “Saúde Pública: desafios e perspectivas”, com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Às 21h, acontecerá a mesa redonda mediada por Dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife e bispo referencial da Pastoral da Saúde no Regional NE 2.

No sábado (25), às 8h, acontecerá um café-da-manhã e a assinatura do Protocolo de Intenção para a construção da UTI do Hospital Padre Zé, no bairro de Tambiá, na Capital. Depois, às 10h, acontecerá a Missa na Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, no Centro de João Pessoa.