João Pessoa
Feed de Notícias

Servidores do Hospital Arlinda Marques participam de palestras sobre saúde do trabalhador

terça-feira, 19 de abril de 2016 - 17:22 - Fotos: 

Servidores do Complexo de Pediatria Arlinda Marques, que integra a rede hospitalar do Estado, participaram na manhã desta terça-feira (19) de uma série de palestras sobre saúde do trabalhador. O evento, realizado em parceria com o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador da Paraíba (Cerest-PB),  foi alusivo ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Adoecimento no Trabalho, lembrado em 28 de abril.

Os temas discutidos foram: “Saúde do Trabalhador: direito do cidadão” proferida pelo advogado Diego Gonçalves;  “Acidente de Trabalho por exposição a material biológico”, que foi ministrada  pelo coordenador do Cerest Regional,  Kleber José, e por último a coordenadora estadual  do Cerest-PB, Celeida Barros, falou sobre “Trabalho Infantil”, encerrando a programação com o um Coffee Break.

“É muito importante um evento como esse, pois deixa a gente muito mais informada sobre o assunto, como também dos nossos direitos e deveres”, disse a coordenadora de Recursos Humanos do Arlinda Marques, Sandra Barbosa.  A coordenadora de eventos do hospital, Rosilda Varela, também participou das palestras e destacou a importância dos assuntos abordados para a saúde do trabalhador. “Enquanto servidores, é sempre bom para nós ficarmos informados sobre os nossos direitos e deveres no que diz respeito à nossa saúde”, afirmou.

A enfermeira Sibely Coelho Urbano Pereira, coordenadora do Núcleo de Saúde do Trabalhador do Arlinda Marques, destacou  que as palestras  foram educativas com temas voltados à promoção da saúde do trabalhador e prevenção de acidentes de trabalho. Ela afirmou que o movimento Abril Verde tem como objetivo colocar em pauta a temática de saúde e segurança do trabalhador,  com o intuito de reduzir os altos índices de acidentes, doenças e mortes relacionadas ao trabalho.

Para um dos palestrantes, o advogado Diego Gonçalves, é de suma importância que os trabalhadores tenham essa acolhida por parte da instituição. “O trabalho que vem sendo desempenhado pelo  Serviço Especializado em Saúde e Medicina do Trabalho (SESMT)  merece destaque e parabenização. Hoje tratamos sobre saúde do trabalhador como direito do cidadão, como também dos seus direitos e deveres. Essa postura esclarece dúvidas e orienta para possíveis situações delicadas que possam acontecer, além de ser um momento que foge da rotina de trabalho. Fico honrado em ter recebido o convite para participar do evento”, disse Diego Gonçalves, ao explicar que a palestra abordou assuntos como: direito à saúde, o uso de EPI, direito de trabalho relacionado às mulheres, alguns crimes cometidos sobre o trabalhador, assédio moral e sexual entre outros. 

Outras informações – Dados do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador da Paraíba (Cerest-PB) apontam que na Paraíba cerca de 5 mil  trabalhadores se acidentam por ano e o Estado ocupa a 22ª posição no Brasil em óbitos relacionados ao trabalho. Ainda segundo o Cerest-PB,  entre 2010 e 2013, 810 trabalhadores paraibanos ficaram permanentemente incapacitados e  87 foram a óbito.

Na Paraíba, o Governo do Estado, por meio da Secretaria  da Saúde,  abriu  no último dia 4 a programação do Abril Verde. O evento, que acontecerá ao longo do mês, é alusivo ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Adoecimento no Trabalho, lembrado em 28 de abril.