João Pessoa
Feed de Notícias

Serviços irão melhorar a eficiência produtiva de alevinos naquela região sertaneja

quinta-feira, 5 de novembro de 2009 - 14:57 - Fotos: 
Construção de açude, desmatamento, terraplanagem, e desassoreamento dos viveiros, barragens e tanques são alguns dos serviços realizados, desde outubro, na Estação de Piscicultura no município de Itaporanga,  região do Sertão paraibano. Segundo o Chefe do Departamento de Piscicultura da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa), Celso Duarte,30% dos serviços já foram feitos. “A meta é melhorar a eficiência produtiva de alevinos na região. “A previsão é que a obra seja concluída até dezembro deste ano”, ressaltou.

Um trabalho de revitalização que não era feito há mais de 20 anos. Vinte e duas pessoas, entre técnicos e auxiliares de piscicultura estão envolvidas na obra. Um trator de esteira, que faz todo o trabalho de limpeza dos tanques, é uma das frotas de máquinas, que começa, aos poucos, a ser recuperada por determinação do presidente da Empasa. Segundo Germano Targino, a medida busca colaborar com o setor primário da Paraíba. “Uma ação prioritária do governo José Maranhão, que tem dado atenção às famílias que vivem da atividade agrícola no estado”, disse.

Com a obra de revitalização da Estação de Piscicultura de Itaporanga, a previsão é aumentar a capacidade produtiva anual de 5 milhões para 10 milhões de alevinos. A estação é a responsável por fomentar a criação de alevinos no Estado. Além disso, é considerada a terceira maior do país. São mais de 25 mil hectares de espelho d`água. A estação tem dois laboratórios: um de produção artificial de peixes, outro, recém- instalado, para reversão sexual da tilápia.

Adriana Saito, da Assessoria de Imprensa da Empasa