Fale Conosco

11 de dezembro de 2015

Serviços de Saúde e instituições de ensino avaliam a Rede Escola SUS-PB



A Secretaria de Estado da Saúde, por meio do Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor), está realizando, nesta sexta-feira (11), uma reunião entre representantes dos serviços de saúde do estado e das 45 instituições públicas e privadas que são parceiros na Rede Escola SUS-PB. A reunião está acontecendo no auditório do Cefor, durante todo o dia, e tem como objetivo avaliar o desempenho da Rede em 2015.

A Rede Escola é uma estratégia da Educação Permanente em Saúde (EPS), implantada na Paraíba, em 2013, que articula o ensino, a pesquisa e extensão junto aos serviços de saúde da gestão estadual, às instituições de ensino conveniadas e aos demais profissionais da rede, na perspectiva de firmar parcerias para contribuir na ordenação da formação dos profissionais para a área.

“A avaliação é muito positiva, pois a Rede Escola vem cumprindo muito bem o seu papel, que é organizar os serviços e as relações com as instituições de ensino potencializando o aprendizado no cenário de prática dos serviços de saúde”, disse o coordenador estratégico do Cefor, Pedro Alberto Lacerda. 

O Complexo Pediátrico Arlinda Marques é um dos serviços da Rede. A chefe do Núcleo de Ações Estratégicas da unidade, Gilsandra Fernandes, conta que todas as atividades de estágio eram por conta de cada serviço. “A partir da Rede Escola houve uma padronização nos protocolos de entrada dos estagiários dos cursos técnicos, de residentes e pesquisadores. Com isso, houve o fortalecimento da integração entre ensino e serviço, repercutindo em ganhos para os profissionais dos serviços que ficam estimulados a fazerem formação continuada e para os usuários do SUS, que têm um serviço com mão de obra mais qualificada”, falou.

Segundo Renata Cavalcanti, coordenadora do curso técnico em enfermagem da Escola Técnica Redentorista, de Campina Grande, a instituição tem parceria com o Hospital de Trauma, de Campina, onde os alunos fazem estágio. “A Rede Escola é muito importante porque a nossa escola depende destas parcerias para os estágios”, frisou.

Entre os objetivos da Rede Escola estão: regulamentar os convênios e a pactuação de estágios, pesquisas e extensão nos cenários de prática nos seus respectivos serviços de saúde da gestão estadual; debater a política de formação para o SUS com as Instituições de Ensino (IE); promover ações no sentido de fortalecer a relação das IE conveniadas com os serviços de saúde da gestão estadual; orientar e apoiar a criação e o funcionamento dos Núcleos de Educação Permanente nos serviços de saúde; gerenciar a plataforma virtual da Rede; promover, participar e apoiar reuniões, fóruns, congressos, oficinas e demais eventos que vislumbrem temas relacionados à Rede no estado e acompanhar as Residências Médicas e Multiprofissionais da Secretaria de Estado da Saúde, integrando as suas comissões.