Fale Conosco

1 de agosto de 2012

Seminário sobre direitos humanos e pessoa com deficiência é encerrado no Ouro Branco



Cerca de 300 pessoas, entre gestores municipais da assistência social, educação, saúde e técnicos, participaram durante três dias do seminário Direitos Humanos e a Política da Pessoa com Deficiência, no Hotel Ouro Branco. O evento, promovido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh) e a Fundação Centro de Apoio Integrado ao Portador de Deficiência (Funad), foi encerrado nesta quarta-feira (1º) com a palestra Política Assistência Social e Proteção Social para as Pessoas com Deficiência.

A representante do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Ana Luisa Coelho Moreira, ressaltou que uma das grandes ações do Plano Viver sem Limite é a implantação da Residência Inclusiva e do Centro Dia, que são equipamentos estruturados para acolher as pessoas com algum tipo de deficiência.

“João Pessoa é uma das capitais que foi contemplada com a implantação do Centro Dia e da Residência Inclusiva, que são espaços para acolher as pessoas com deficiência. Esses espaços serão cofinanciados com o Estado”, destacou Ana Luisa.

Fortalecimento – Com a capacitação, os participantes serão multiplicadores do Plano Viver sem Limite do Governo Federal nos municípios paraibanos.

A assistente social Joana Luna, que trabalha no Centro de Referência da Assistência Social (Cras) de Riacho do Poço, disse que está saindo fortalecida do evento. “Tem sido muito importante este seminário porque ampliamos o nível de conhecimento para implantar no nosso município, que ainda precisa avançar. Temos algumas ações como acessibilidade nas ruas e estamos estruturando as salas para atendimento às pessoas com deficiência”, afirmou.

Ações – Segundo a coordenadora da política da pessoa com deficiência da Sedh, Gabrielly Tayanne, a Paraíba tem avançado nas ações de atenção a pessoa com deficiência.

Ela destacou que a Paraíba foi o segundo estado a implantar o Comitê Gestor de Políticas de Inclusão das Pessoas com Deficiência. O Plano Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência começou a ser elaborado e foram realizados sete Fóruns Regionais sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência nos municípios de Guarabira, Patos, Souza, Monteiro, Campina Grande, João Pessoa e Picuí em conjunto com a Funad.

Ainda de acordo com Gabrielly, outra iniciativa positiva foi o Seminário de “Qualificação Intersetorial de Fortalecimento da Política da Pessoa com Deficiência no Estado da Paraíba”, realizado em João Pessoa para 320 pessoas, entre gestores da política da assistência social, da saúde e da educação.

Por fim, ela acrescentou que o Governo do Estado está cofinanciando a implantação de uma Residência Inclusiva e um Centro Dia de Referência para pessoa com deficiência em João Pessoa e que foi implantado o Grupo Gestor Estadual do Programa BPC na Escola. Ainda de acordo com Gabrielly Tayanne, a Sedh também está acompanhando e apoiando os municípios para a adesão e renovação do Programa BPC na Escola.