João Pessoa
Feed de Notícias

Seminário Estadual de Gestão Pedagógica é realizado em João Pessoa nesta terça-feira

terça-feira, 9 de junho de 2015 - 17:35 - Fotos: 

Gerentes regionais de Educação, coordenadores pedagógicos das GREs, diretores e professores participam nesta terça-feira (9), do Seminário Estadual de Gestão Pedagógica (Segep), que está sendo realizado no auditório da Asplan, em João Pessoa. Na ocasião ocorreu o lançamento Plano de Metas de Indicadores Educacionais das escolas estaduais. O evento está sendo presidido pela secretária executiva de Estado da Gestão Pedagógica da Educação, Roziane Marinho. A abertura contou com a apresentação da quadrilha junina “Cabrita Cherosa”, da Escola Estadual Ursula Lianza.

A secretária Roziane Marinho manifestou satisfação em ver o auditório lotado: “Isso é sinônimo de que todos estão comprometidos com a qualidade da educação na Paraíba, que vem melhorando a cada ano”.

A professora complementou enfatizando que o Plano de Metas será elaborado a partir dos resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação da Paraíba (IDEPB) de 2012 a 2014, que é um instrumento implantado pelo Governo do Estado para a prática da avaliação contínua, considerando não apenas o resultado, mas o processo. “Precisamos valorizar este instrumento, pois nós queremos garantir aos alunos o direito de aprender com eficiência”, completou.

Na ocasião, foi lançado também o Plano de Intervenção Pedagógica, que visa trabalhar na escola o alcance das metas. “A partir da proposta cabe a cada escola avaliar sua prática educativa, planejar e elaborar seu Plano, envolvendo toda a comunidade escolar, para que os índices sejam alcançados no Idepb, que será aplicado em setembro deste ano”, explicou Roziane Marinho.

Durante o evento estão sendo discutidos os aspectos conceituais e metodológicos do Plano de Metas, pelo professor e doutorando da Universidade Federal de Juiz de Fora, Luiz Vicente, e apresentada à proposta de Plano de Metas por escola, além de estudo de caso, pelo professor Dr. Wagner Resende do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAED/UFJF). O professor Wagner reforçou a importância de reunir os atores da educação para produzir diagnósticos que fomentem as políticas públicas. “Com o IDEPB os resultados chegam em tempo hábil gerando informações específicas para a rede da Paraíba”, ressaltou.

As metas das escolas da rede estadual de ensino foram calculadas, utilizando as informações do IDEPB, que leva em conta o fluxo escolar e a proficiência dos estudantes, de modo que, no âmbito estadual, cada escola alcance a previsão de: média 6,0 em 2021 para o 5º ano, média 6,0 em 2025 para o 9º ano e média 6,0 em 2028 para a 3ª série do Ensino Médio.

À tarde, a secretária Roziane Marinho aborda o Plano de Intervenção Pedagógica  a partir das metas do IDEPB e apresentadas experiências exitosas de escolas estaduais que desenvolvem ações a partir da análise dos resultados deste índice.