João Pessoa
Feed de Notícias

Seminário discute violência contra a mulher em João Pessoa

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015 - 18:59 - Fotos: 

O auditório da Central de Polícia de João Pessoa foi palco, nesta quinta-feira (3), do Seminário intitulado “Cuidar de Quem Cuida”, realizado pela Delegacia Geral da Polícia Civil da Paraíba e Coordenação das Delegacias da Mulher. O evento foi aberto pelo secretário executivo da Segurança e Defesa Social, Jean Nunes, e teve a participação do delegado geral, João Alves, e do delegado geral adjunto, Isaías Gualberto, além da delegada da Mulher, Maísa Félix, e da secretária estadual da Mulher e Diversidade Humana, Gilberta Soares.

Durante todo o dia, vários temas foram debatidos entre professores, pesquisadores e autoridades policiais que trabalham a questão de gênero, com ênfase na violência contra a mulher. A importância de debates sobre esse tema foi destacada pelo secretário adjunto Jean Nunes. “É importante que haja essa discussão para que possamos sempre trocar informações e manter o canal do diálogo aberto com a sociedade. A partir de eventos como este, vamos interagindo cada vez mais e buscando soluções cada vez mais rápidas e eficientes para o problema da violência contra a mulher”, ressaltou.

O seminário abriu várias frentes de discussão sobre temas variados como: “Cuidar de quem cuida”, que foi apresentado pela professora e psicóloga Ana Coutinho; “Violência contra Mulheres: o sentir, o agir no dia a dia da ação policial”, com a secretária estadual da Mulher e Diversidade Humana, Gilberta Soares; “Compreendendo o movimento feminista e a luta pela efetivação das políticas públicas para mulheres”, com a professora Glória Rabay; “Protagonismo juvenil na luta contra a violência no ativismo em redes sociais”, com o Grupo Neofemme, representado por Juliana Neiva, Maria Luiza Bezerra e Manuela Nasiasene e “Homens e violência, uma abordagem de gênero na perspectiva masculina”, que foi apresentado pelo professor José Roberto Silva.

Para a delegada Maísa Félix, o seminário alcançou o seu objetivo no sentido de que trouxe a sociedade para perto da Secretaria da Segurança e vice-versa. “A troca de informações é muito importante para nós que trabalhamos um tema tão delicado quanto esse. Com este seminário conseguirmos colocar no mesmo ambiente diversos pesquisadores que trabalham com o tema da violência contra a mulher. Dessa forma, estamos ampliando a discussão para trocar informações e encontrar novas possibilidades de enfrentar esse tipo de violência. É preciso que as forças policiais atuem em diversas frentes, inclusive oferecendo a proteção necessária às mulheres em situação de risco”, concluiu.