João Pessoa
Feed de Notícias

Seminário discute Enfrentamento às Violações de Direitos Humanos em Megaeventos

quinta-feira, 7 de março de 2013 - 18:10 - Fotos:  Fernanda Medeiros

Cerca de 200 pessoas participaram, nesta quinta-feira (7), no auditório do Sesi, em João Pessoa do “I Seminário Estadual de Enfrentamento às Violações de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes em Megaeventos”.

O evento, promovido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), por meio do Portal Criança.PB e parceiros, tem como objetivo fortalecer o sistema de atendimento e proteção às crianças e adolescentes das violações provenientes de grandes eventos como: Copa das Confederações, Copa do Mundo de Futebol de 2014, São João e as Olimpíadas Esportivas de 2016.

Pela manhã, representando o Unicef, Jane Santos, parabenizou a iniciativa, alertando que ainda são  poucos Estados que estão preocupados sobre os problemas que grandes eventos podem oferecer a crianças e adolescentes, que inclusive também são comuns no cotidiano.

“Quando vejo o auditório lotado e interessado, fico feliz, porque é isso que esperamos de uma rede de proteção, este empenho. Vamos abordar o panorama internacional, das experiências aprendidas na Copa na África do Sul, para pensarmos em fazer melhor aqui”, disse.

Garantia de direitos sempre – A secretária da Sedh, Aparecida Ramos, que nesta quinta-feira (7) está em Brasília discutindo em âmbito nacional o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, ressaltou a preocupação do Governo do Estado com os grandes eventos em qualquer época. “A gente sabe que a Paraíba não é sede da copa, mas como estamos próximo a outros estados que serão sede, certamente teremos muitos visitantes. Então, a nossa preocupação é fazer com que as nossas crianças não fiquem expostas. E como temos alguma experiência nesta área, já estamos fazendo estas ações preventivas”, explicou.

Programação do seminário – No período da tarde, a coordenadora estadual da Proteção Social Especial da Sedh, Carmem Meireles, falou sobre Enfrentamento à violação de direitos a crianças e adolescentes em megaeventos.

“O ponta pé inicial dentro da política da criança e do adolescente na proteção a estes grandes eventos em que o Governo do Estado, por meio das Secretarias de Desenvolvimento Humano, Turismo, PBtur e outras, está organizandoestrutura para evitar trabalho infantil, exploração sexual, assim como crianças e adolescentes em situação de rua”, acrescentou.

O presidente do Conselho de Direito da Criança e Adolescente de Juripiranga, Odair José da Silva, destacou a contribuição que o Seminário oferece para uma maior proteção à criança e ao adolescente. “Ainda estamos distante do que a gente quer, mas esta união entre Ministério Público, Conselhos Tutelares e de Direito enfim isso é importante. O Estado também chegando mais perto dos municípios contribui para que todos tenham acesso às informações”, disse.

Parceria – O “I Seminário Estadual de Enfrentamento às Violações de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes em Megaeventos” é uma realização da Rede de Proteção Infanto-juvenil, com apoio do Fórum Estadual de Proteção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalhador Adolescente (Fepeti/PB), Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI).

Também estão na realização do evento a Rede Margaridas Pró-Crianças e Adolescentes da Paraíba (Remar), Ministério Público do Trabalho (MPT-PB), Secretaria Estadual de Desenvolvimento Humano (Sedh), Portal Criança.PB; Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Recreação (Sejer), Centro de Apoio Operacional da Criança e do Adolescente do Ministério Público da Paraíba (Caop-MPPB), Tribunal de Justiça, Unicef, Sesi e Agência de Publicidade MayDay.