João Pessoa
Feed de Notícias

Seleção para as 130 vagas será realizada no mês de junho

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 - 15:21 - Fotos: 
O campus da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), na cidade de Araruna, começará a funcionar no mês de julho deste ano, oferecendo 130 vagas para as disciplinas de Odontologia, Ciências Exatas e Contabilidade, cujo vestibular especial acontecerá em junho. Posteriormente também será realizado concurso público para preenchimento de vagas de professor docente e pessoal técnico para a área administrativa. A garantia é da reitora Marlene Alves, durante entrevista na manhã desta terça-feira (24), na Secretaria de Comunicação do Governo do Estado, quando também falou do plano de expansão que será colocado em prática durante o presente exercício.

A reitora estava acompanhada do secretário da Educação e Cultura, Francisco Sales Gaudêncio, e a entrevista teve a participação do senador Roberto Cavalcanti. O trabalho do Governo do Estado, realizado por intermédio de ambos em favor do ensino público da Paraíba, desde o nível de alfabetização até chegar a universidade, foi elogiado pelo senador, igualmente destacando a esforço do governador José Maranhão em criar condições para que a UEPB seja levada a outras regiões.

Para deixar em funcionamento o campus de Araruna, estão sendo investidos R$ 20 milhões, repassados pelo Governo do Estado, para melhoria no prédio e aparelhamento, tendo em vista que há sete anos tinha sido construído e estava sem nenhuma utilização. “Este campus vai atender a demanda de estudantes das regiões do Curimataú e parte do Brejo, criando oportunidade para que os estudantes tenham acesso ao ensino superior”, explicou Marlene.

Marlene Alves destacou o apoio que o governador José Maranhão vem dando para o fortalecimento da UEPB, o que garante sua expansão e melhoria da qualidade de ensino. O secretário da Educação e Cultura, Sales Gaudêncio, lembrou que esta tem sido exatamente a determinação do governador de apoiar esta instituição de ensino superior, por reconhecer sua importância para criar oportunidade de aprendizagem para todos.
   

Rede pública – Serão oferecidas 130 vagas, distribuídas nos três cursos que serão inicialmente implantados. Os estudantes da rede pública de ensino terão prioridade no preenchimento de 50% das vagas oferecidas. Para permitir o funcionamento, enquanto não é feito o concurso, serão convocados professores residentes e convidados.

A reitora justificou a instalação destes três cursos como sendo de grande importância, visto que existe uma grande carência na área de Odontologia não somente na Paraíba, mas em todo o País. Também acontece o mesmo com o setor de Contabilidade, principalmente com especialização para atuar no setor público porque os cursos se dedicam a preparar para atender a demanda do setor privado. Com relação a Ciências Exatas, este curso vai preparar professores que poderão atuar no ensino médio e depois se credenciar a ensinar em cursos superiores.
    
Expansão – Segundo a reitora Marlene Alves, a meta é expandir a ação do UEPB de modo que os estudantes paraibanos, residentes nos mais distantes municípios, possam ter acesso ao ensino superior sem que sejam obrigados a se deslocar para cidades maiores.  Marlene confirmou que está sendo pleiteado pelo Governo do Estado um empréstimo de R$ 60 milhões para serem investidos principalmente no melhoramento dos campi de João Pessoa, Patos e Monteiro, sem esquecer de outras melhorias  nos demais.

Vestibular – As inscrições para o vestibular especial acontecerão de 26 a 30 de abril próximo, a entrega dos cartões será disponibilizada de 24 a 28 de maio o site da Comvest. As provas estão marcadas para os dias 20 e 21 de junho, com a divulgação da primeira listagem de candidatos classificados no dia 7 de julho.

A matrícula dos candidatos classificados na primeira listagem será no dia 14 de julho. Nova listagem de aprovados será anunciada no dia 21 de julho e suas matriculas no dia 28 do mesmo mês. As aulas serão iniciadas no segundo semestre deste ano.

Expansão – Sobre a realização do concurso, a reitora informou que ainda não há data definida, como também o número de vagas e os setores que serão contemplados. Apenas está definida a necessidade de realização desta seleção de pessoal. Serão abertas vagas para professores em diferentes níveis e também contemplará o pessoal de apoio administrativo. “Será uma grande oportunidade para quem desejar ingressar numa instituição de ensino superior que tem uma boa estrutura e proporcionalmente oferecer boas remunerações”, afirmou Marlene.

A realização deste concurso é devido ao processo de expansão que vem se realizando na UEPB, que já está com oito campi e novos pedidos de instalação de outros vem sendo encaminhados. Ela explicou que 20 solicitações para instalação de campus foram agendadas, que serão analisadas cuidadosamente. Segundo ela, isso é uma demonstração da importância da instituição, que é mantida com o dinheiro do contribuinte paraibano.

José Nunes, da Secom-PB, com fotos de Walter Rafael