Fale Conosco

27 de março de 2017

Sejel reúne pais de alunos matriculados nas escolinhas do Ronaldão e informa sobre atividades



reunião sejel2 270x151 - Sejel reúne pais de alunos matriculados nas escolinhas do Ronaldão e informa sobre atividadesUma reunião entre os pais dos alunos matriculados nas escolinhas do Ronaldão, neste domingo (26), na quadra do ginásio, marcou a véspera do início das aulas do projeto. O encontro, com  a participação do secretário da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel),  Bruno Roberto, teve o objetivo de esclarecer as dúvidas com relação às atividades que começarão nesta segunda-feira (27).

As aulas serão de segunda a sexta-feira, nos períodos da manhã e tarde. O Governo do Estado, por meio da Sejel, disponibilizará toda a estrutura para a realização do projeto que inclui as modalidades de futsal, judô, handebol e vôlei.

reunião sejel3 270x151 - Sejel reúne pais de alunos matriculados nas escolinhas do Ronaldão e informa sobre atividades“O secretário esteve aqui e os pais saíram bastante satisfeitos porque conversou de maneira informal com os pais e responsáveis dos que estarão participando das aulas”, afirmou Tadeu Santos, gerente operacional do Ronaldão.

Para Bruno Roberto, é importante que cada aluno possa também zelar pelo ginásio. “Acredito que cada um que estará aqui na condição de aluno terá o maior zelo possível por esse patrimônio que pertence a todos os paraibanos. Apesar de as aulas já serem iniciadas, as inscrições continuarão abertas e isso mostra que o ginásio está de portas abertas para a população”, disse.

reunião sejel4 270x151 - Sejel reúne pais de alunos matriculados nas escolinhas do Ronaldão e informa sobre atividadesO secretário ainda destacou que haverá um acompanhamento educacional. “Cada um que estará nas escolinhas é preciso estar matriculado em escola estadual, municipal ou particular. “É a única exigência que está sendo feita é estar matriculado em alguma instituição de ensino. Haverá também um acompanhamento educacional-pedagógico para não se limitar ao trabalho dentro das quadras, onde o aluno terá assistência”, concluiu.