João Pessoa
Feed de Notícias

Segurança realiza reunião para discutir medidas contra a violência

quarta-feira, 5 de setembro de 2012 - 16:50 - Fotos: 

Foto: José Marques/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho participou, nesta quarta-feira (5), da reunião de monitoramento, que acontece semanalmente entre gestores da Segurança Pública. Durante o encontro, realizado pela primeira vez no Palácio da Redenção, foram apresentados os números de ocorrências de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – homicídios dolosos e outros crimes contra a vida e também traçadas as diretrizes para as ações das polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros nas próximas semanas de setembro.

O secretário de Estado da Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, destacou o trabalho dos órgãos operativos de segurança pública durante o mês de agosto, que apresentou o menor número de crimes letais contra a vida desde 2009.

Durante a reunião, o governador Ricardo Coutinho solicitou a presença constante da polícia em pontos de convergência de pessoas como praças, terminais de ônibus nos bairros e municípios com altos índices de criminalidade e a cobrança aos órgãos competentes da iluminação pública, o qual considera um dos fatores que facilitam a ação dos assaltantes.

“Precisamos fazer com que as pessoas sintam a presença da policia para que a redução da criminalidade que constatamos nos números seja refletida também na construção de um sentimento de tranquilidade da população nas ruas”, disse.

A redução da violência na Paraíba também pode ser aferida quando comparados todos os crimes letais contra a vida ocorridos este ano. De janeiro a agosto de 2012, foram contabilizados 1.016 crimes contra a vida. A queda de 87 homicídios em números absolutos em relação ao mesmo período de 2011 revela uma diminuição de 7,89%. Em João Pessoa, a queda de CVLI foi 13,1% e em Campina Grande 15%, se comparados entre 2011 e este ano.

Foto: José Marques/Secom-PB

Para o secretário da Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, os dados revelam que a gestão focada em resultados e as ações integradas têm evitado a incidência de mortes e, consequentemente, dado à população uma maior sensação de segurança. “O planejamento operacional e a repressão qualificada estão à frente do nosso trabalho. A segurança pública é encarada de forma sistêmica, como projeto de Estado e não de Governo, e os agentes de segurança agem e dividem responsabilidades com outras instituições, como Ministério Público e Judiciário”, frisou.

O gestor ainda frisou que o grande objetivo da Seds em 2012 é a diminuição de 10% no número de CVLI registrados no Estado. “Nós acreditamos nesse resultado e vamos alcançá-lo com muito esforço e dedicação dos policiais que integram as forças de segurança”, afirmou.