João Pessoa
Feed de Notícias

Segurança e Defesa Social divulga detalhes da Operação Mandacaru

quinta-feira, 12 de maio de 2011 - 20:13 - Fotos:  Ernane Gomes/Secom-PB

A Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Seds) divulgou, na tarde desta quinta-feira (12), durante coletiva à imprensa, na sede do órgão, os detalhes da Operação Mandacaru, que resultou na prisão de doze pessoas, a apreensão de três adolescentes e ainda 397 pedras de crack, 86 pacotes de maconha, dois revólveres calibre 38, duas espingardas, 31 munições, uma faca peixeira, uma balança de precisão, 12 motos e um carro.

A ação contou com a participação de 1032 policiais, entre militares e civis, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Federal, com apoio do Grupo Tático Aéreo (GTA) do Estado de Pernambuco e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba.

O secretário executivo Raymundo José Araújo Silvany agradeceu a todos os órgãos envolvidos na operação e disse que o trabalho da Polícia no bairro não acabou. “Essa operação não se iniciou nesse momento e nem terminará. Desde que assumimos a Secretaria que estamos trabalhando e vamos continuar trabalhando. A polícia vai continuar no bairro para garantir a segurança da população. E a ação social vai chegar também”, frisou o secretário, agradecendo ainda o apoio dos moradores de Mandacaru, que, assim, contribui para a paz na comunidade.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, comentou que a Polícia Militar esteve presente na operação com todas as modalidades de policiamento e disse ser isto uma honra para a corporação. Já o delegado geral de Polícia Civil, Severiano Pedro, enalteceu a capacidade de integração das Polícias. “Todos os órgãos que participaram trabalharam de forma integrada, dentro do principio da legalidade, que é importante, e os resultados foram positivos”, disse.

Também participaram da coletiva à imprensa, na sala de reuniões do Centro Integrado de Operações Policiais (CIOP), a gerente executiva de Polícia Civil Metropolitana, Daniela Vicuuna, o delegado da especializada Repressão a Entorpecentes da Capital, Allan Murilo Terruel, o comandante dos Bombeiros Militar, Jair Carneiro, e o coronel Francisco de Assis Castro, comandante do Policiamento Regional Metropolitano.

A Operação

A maior ação já realizada de forma integrada pelas polícias do Nordeste teve início por volta das 2h da madrugada, quando os policiais se reuniram no Espaço Cultural José Lins do Rêgo.

Às 4h, as equipes se deslocaram para o bairro de Mandacaru, com o objetivo de cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão na área, uma das mais violentas da região metropolitana da Capital. Para isso, tiveram à disposição quatro barcos, 150 viaturas, além de ônibus, motos, cavalos, cães farejadores cedidos pela Polícia Federal de Brasília (DF) e um helicóptero, que ficou responsável pelo monitoramento aéreo.

Todos os presos, juntamente com os adolescentes e o material apreendido, foram encaminhados para a Central de Polícia, bairro do Varadouro, Capital, onde permanecem à disposição da Justiça.