João Pessoa
Feed de Notícias

Segurança considera tranquilo primeiro turno das eleições 2012

segunda-feira, 8 de outubro de 2012 - 17:05 - Fotos: 

Foto: Secom-PB

No período de 5 a 7 de outubro, fim de semana do primeiro turno das eleições 2012, nove homicídios foram registrados no Estado, o que representa uma queda de 47% em relação ao período eleitoral de 2010, quando foram contabilizados 17 crimes desse tipo. Além disso, 249 ocorrências eleitorais foram registradas de 7 de setembro até o domingo pela Operação Voto Seguro, que abrangeu o trabalho das polícias Civil, Militar e do Corpo de Bombeiros. Todas as forças empenharam um efetivo de mais de 11 mil homens e mulheres nos 223 municípios paraibanos.

“O primeiro turno das eleições 2012 foi o mais tranquilo dos últimos tempos, graças ao planejamento que colocamos em prática, à dedicação e empenho dos policiais e aos Centros de Comando e Controle, instalados em João Pessoa, Campina Grande e Patos, com o objetivo de possibilitar a repressão imediata a crimes eleitorais e de outra natureza a partir dessas cidades polo”, afirmou o secretário da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima, durante entrevista coletiva realizada na manhã desta segunda-feira (8), na sede da pasta, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

De acordo com os números aferidos pelo Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds), as ocorrências de maior incidência foram relativas à desordem, desobediência ou desacato, agressão, porte ilegal de arma, apreensão de veículos, ameaça e aliciamento de eleitores.

Também participaram da coletiva o secretário executivo da Segurança, Jean Nunes, o comandante da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, o coronel Jair Carneiro, a delegada geral de Polícia Civil, Ivanisa Olímpio, seu adjunto, delegado André Luiz Rabello, entre outras autoridades dos órgãos operativos de Segurança Pública.

Centros de Comando e Controle – A instalação dos Centros de Comando e Controle foi uma ideia inovadora da Seds, aprovada pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), e reuniu representantes da Justiça Eleitoral e das polícias Civil, Militar, Federal e Rodoviária Federal em salas situadas nos municípios de João Pessoa, Campina Grande e Patos.

Durante todo o domingo (7), os Centros registraram um total de 76 denúncias, sendo que a maioria não foi confirmada.

Em Patos, no Sertão paraibano, o Centro de Comando recebeu 50 denúncias que resultaram na prisão de 11 pessoas, 10 delas por desordem eleitoral e uma por doação de combustível em troca de voto. Em João Pessoa, foram registradas 14 denúncias, das quais quatro confirmadas. Em Campina Grande, apesar do recebimento de 12 denúncias, nenhuma se confirmou.

As delegacias municipais da Paraíba também receberam denúncias de crimes eleitorais. De acordo com o delegado Elias José Rodrigues, em Alhandra, no Litoral Norte, uma pessoa foi flagrada por um sargento do Exército no momento em que comprava voto. Em João Pessoa, três pessoas foram conduzidas ao estádio Ronaldão, duas por ‘boca de urna’ e uma por agressão.

Segundo a delegada Renata Matias, que coordenou a equipe com escrivão, três agentes de investigação e uma guarnição da Força Tática da Polícia Militar, duas outras pessoas foram ouvidas por suspeita de crime eleitoral, mas foram liberadas. Os crimes que motivarem flagrantes foram encaminhados à Polícia Federal.

Em eleições anteriores, de acordo com o delegado Isaías Gualberto, assessor de Ações Estratégicas da Seds, os órgãos da Segurança Pública atuavam de maneira isolada, o que dificultava o trabalho da Justiça Eleitoral. Ainda segundo o assessor, com os Centros, o juiz eleitoral pôde encaminhar diretamente as demandas aos órgãos competentes.

Delegacias abertas – Para o registro de qualquer ocorrência policial, no dia da eleição todas as delegacias distritais e municipais do Estado permaneceram abertas das 8h às 18h. As delegacias de plantão também funcionaram normalmente durante 24h. Além disso, para o registro de ocorrências sem violência, a população pôde contar com a Delegacia On Line, disponível pelo endereço www.delegaciaonline.pb.gov.br.