Fale Conosco

1 de novembro de 2012

Segurança Alimentar é tema de palestra no Restaurante Popular de Mangabeira



sedh semana da qualidade alimentar restaurante mangabeira foto kleide teixeira 14A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh) realizou, na manhã desta quinta-feira (1º), no Restaurante Popular de Mangabeira, um balanço das ações realizadas pelo Governo do Estado sobre segurança alimentar e nutricional para parceiros do órgão. Entre as iniciativas apresentadas, o avanço do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) que passou de 14 municípios assistidos pelo Governo para atender a mais 171 municípios paraibanos.

Para iniciar as atividades, foi proferida uma palestra com a nutricionista da Sedh, Talita Pereira, que ressaltou a importância de uma alimentação saudável. Ela frisou sobre o cuidado que o Núcleo de Segurança Alimentar da Secretaria tem com os programas que coordena, entre eles, o Restaurante Popular.

“Procuramos desenvolver uma alimentação saudável e balanceada para atender uma pessoa adulta. Além de realizar visitas periódicas aos quatro restaurantes mantidos pelo Governo do Estado também fazemos pesquisas com os usuários para saber o que precisa melhorar”, afirmou.

PAA – Para o coordenador do PAA no Estado, Ângelo Viana, o Governo está vivendo um momento expressivo com a expansão do programa no Estado.

“Na próxima semana estarei em Brasília para conhecer o novo processo do Programa, que realiza pagamento direto do Ministério para a conta do agricultor. Também estamos adquirindo equipamentos modernos, impressoras portáteis e implantamos a nota fiscal eletrônica em setembro, o que facilita o recebimento do dinheiro para o agricultor”, explicou.

sedh semana da qualidade alimentar restaurante mangabeira foto kleide teixeira 142O coordenador ressaltou que o PAA foi implantado em 2011 e, mesmo com a estiagem, foram adquiridos mais de 600 toneladas de alimentos, com um investimento de quase R$ 1 milhão.

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é uma parceria entre o Governo do Estado e Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). O programa beneficia diretamente o pequeno agricultor familiar, gerando emprego e renda, além de promover a assistência social para as pessoas em vulnerabilidade econômica com a doação da produção adquirida.

Mais ações – Ainda na Sedh, visando segurança alimentar e geração de emprego e renda, em parceria com o MDS, foi implantado o projeto de atividades de segurança alimentar e nutricional nas comunidades tradicionais.

Neste ano, foram capacitadas 11 comunidades indígenas e três quilombolas, totalizando cerca de 400 famílias preparadas para o manuseio com plantação e criação de aves.

Segundo a chefe do Núcleo de Segurança Alimentar da Sedh, Jacileide Lopes, os técnicos que atuam no programa visitaram as comunidades para ensinar as famílias a lidarem com o cultivo de hortas e criação de aves.

sedh semana da qualidade alimentar restaurante mangabeira foto kleide teixeira 3Parceiros – Participaram do evento, além de Jacileide Lopes e Ângelo Viana, a coordenadora do programa Comunidades Tradicionais, Adelina Moreira e técnicos da Sedh.

O superintendente da Companhia de Abastecimento de Alimentos (Conab), Gustavo Guimarães, destacou as parcerias com o órgão. “O principal desafio deste início de século é justamente garantir a segurança alimentar e nutricional da população brasileira. Neste sentido, a Conab tem programas para que as pessoas possam sair de zona de pobreza para desenvolver projetos. Assim, a Conab e o Governo do Estado garantem a concepção de projetos, além da extensão rural em parceria com a Emater para atingirmos os produtores rurais mais necessitados”, destacou.

Entre os convidados, também estiveram presentes representantes da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB), além de membros do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea-PB).