Fale Conosco

25 de março de 2014

Sedh participa de Encontro Nacional sobre o BPC Trabalho



A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh) participa nesta segunda-feira e terça-feira (24 e 25) do III Encontro Nacional sobre o BPC Trabalho (Benefício de Promoção Continuada). O objetivo do evento é definir estratégias para o aprimoramento do Programa, identificando e debatendo formas de superação das dificuldades na execução das ações do BPC e aprofundar o debate sobre o acesso da pessoa com deficiência ao mundo do trabalho, o papel da Assistência Social e das políticas setoriais neste processo.

A gerente de Proteção Social Especial da Sedh, Gabrielle Tayanne Vasconcelos, que está participando do evento, ressaltou que o BPC Trabalho tem uma importância significativa para a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

O BPC Trabalho é um programa que tem como objetivo promover o protagonismo e a participação social dos beneficiários com deficiência do BPC, por meio da superação de barreiras, fortalecendo a autonomia, acesso a rede socio-assistencial e de outras políticas, à qualificação profissional ao mundo de trabalho, priorizando a faixa etária de 16 a 45 anos”, explicou.

Ela ressaltou ainda que poucos municípios do Brasil fizeram a adesão a este programa. “A nossa função, enquanto Estado, é divulgar e socializar as informações do Programa para que os municípios façam adesão. O município de João Pessoa fez parte do Projeto Piloto implantado pelo MDS”, acrescentou.

BPC Trabalho – O programa de Promoção do Acesso das Pessoas com Deficiência Beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social à Qualificação Profissional e ao Mundo do Trabalho (BPC Trabalho) foi instituído pela Portaria Interministerial MDS/MEC/MTE/SDH nº 2, de 02 de agosto de 2012.

Dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) revelam que desde julho de 2013 existem 739 municípios participantes do Programa.

Gestores e técnicos das Secretarias de Ass. Social de todos os Estados , capitais e DF. O Encontro contará também com a presença de representantes do Ministério da Educação – MEC, do Ministério do Trabalho e emprego – MTE e da Secretaria dos direitos Humanos – SDH. Total estimado de 80 participantes.