Fale Conosco

9 de outubro de 2012

Sedh e Tabajara veiculam resultado de oficinas de rádio com programas gravados por adolescentes



Neste mês de outubro, em alusão ao Dia da Criança, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), por meio do Projeto Criança.PB, em parceria com a Rádio Tabajara, divulgará pequenos programas produzidos por meninos e meninas de escolas públicas com os temas: bullyng, tabagismo, preconceito contra portadores da Síndrome de Down e a pornografia infantil na internet.

Os programas foram gravados depois de oficina teórica sobre comunicação  realizada nas escolas Almirante Tamandaré (no Castelo Branco), Luiz Ramalho (em Mangabeira) e Nicodemos Neves (nos Funcionários) para mais de 60 estudantes dos 12 aos 17 anos.

Para a secretária da Sedh, Aparecida Ramos, a participação das crianças nos meios de comunicação alertando sobre temas como violência e outros tem um papel importante. “O protagonismo juvenil cria as condições para uma ação efetiva e com a plena participação dos que sentem as consequências das políticas públicas”, explicou.

A superintendente da Rádio Tabajara, Maria Eduarda, ressaltou que ao escutar os programas o ouvinte vai poder se sensibilizar com a causa. “É muito importante ouvir da própria criança o alerta sobre problemas como o bullyng, o preconceito e a pornografia infantil. Este último tem invadido a internet e por isso precisamos estar vigilantes”, afirmou.

Atividades no Espaço Cultural – Ainda como parte da programação festiva do Dia da Criança, a Sedh estará com um stand montado no Espaço Cultural durante esta quarta e quinta-feira (10 e 11) com orientações sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e sobre como denunciar casos de violência.

 

Também será debatido com os que procurarem o stand da Sedh a importância do fortalecimento de vínculos familiares que ajudam a coibir e enfrentar, por exemplo, o uso de drogas entre crianças e adolescentes.

Ainda no Espaço Cultural, a Rádio Tabajara montará uma rádio mirim e na parceria com a Sedh irá veicular os programas gravados pelo Projeto Criança.PB.