João Pessoa
Feed de Notícias

Secult lança ‘Seminários Itinerantes de Políticas Culturais’

quinta-feira, 29 de março de 2012 - 11:54 - Fotos:  Divulgação

Célio Turino (Divulgação)

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) lança neste sábado (31) o projeto “Seminários Itinerantes de Políticas Culturais”, que percorrerá as principais cidades da Paraíba com o objetivo de promover a capacitação de gestores e produtores na área da gestão pública de cultura. O lançamento do projeto acontece às 9h, no auditório da Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e segue durante todo o dia com a programação do 1º Seminário Paraibano de Economia Criativa.

Tema da primeira edição dos Seminários Itinerantes, a discussão sobre economia criativa será abordada a partir de três concepções. No campo da gestão, o criador do Programa Cultura Viva e dos Pontos de Cultura, Célio Turino, abordará tópicos relacionados às políticas públicas que mesclam cultura e desenvolvimento sustentável. No campo acadêmico, o professor da USP, Pablo Ortellado, apresenta uma discussão sobre o uso das novas tecnologias na perspectiva da economia criativa, resultado de estudos do Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas para o Acesso à Informação.

Ainda no campo acadêmico, o professor da UFPB, Paulo Cavalcanti Filho, apresenta uma análise sobre sistemas e arranjos produtivos, formulada pela Rede de Pesquisa em Sistemas e Arranjos Produtivos e Inovativos Locais. Por fim, no campo da produção, as produtoras culturais do Circuito Fora do Eixo, Marielle Ramires, Lenissa Lenza e Carol Tokuyo, trazem o debate sobre arranjos criativos e as experiências de soluções que auxiliam na estruturação dos coletivos que integram o Circuito, a partir da organização em rede.

Pablo Ortellado (Divulgação)

De acordo com o secretário de Estado da Cultura, Chico César, a realização do 1º Seminário Paraibano de Economia Criativa pretende trazer para o Estado as discussões que têm pautado a agenda internacional da cultura, a exemplo do Fórum Internacional da Economia Púrpura, na França, e a Semana Internacional de Indústrias Criativas de Shangai, na China.

Para ele, os crescentes debates em torno da economia da cultura, iniciados no Brasil na década de 70, pelo economista paraibano Celso Furtado, tem resultado em avanços inéditos na área. “Dar ao indivíduo a condição de gerar sua própria renda a partir da produção resultante da sua capacidade de imaginar é um verdadeiro contraponto aos moldes da economia tradicional”, destacou. O secretário ressaltou a força desta nova área da economia, ao citar a criação da Secretaria de Economia Criativa, ligada o Ministério da Cultura, coordenada pela ex-secretária de Cultura do Ceará, Cláudia Leitão.

Política de formação - O projeto “Seminários Itinerantes de Políticas Culturais” é uma ação que integra o Programa de Formação em Gestão Cultural, realizado pela Secult desde o primeiro semestre de 2011, quando promoveu, por meio de parceria com o Instituto Itaú Cultural, o 1º Curso de Gestão Cultural. Em 2012 os Seminários Itinerantes devem percorrer as principais cidades da Paraíba com o objetivo de criar e fortalecer as instâncias necessárias no processo de implementação do Plano Estadual de Cultura, com previsão de início para o mês de abril.

Ao término da primeira edição os participantes receberão o certificado digital de participação no evento. A inscrição é gratuita e poderá ser feita no dia do evento. O projeto Seminários Itinerantes de Políticas Culturais conta com o apoio da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas da Paraíba (Sebrae/PB).

 

Programação – Seminários Itinerantes de Políticas Culturais

1º Seminário Paraibano de Economia Criativa

Data: 31/03/2012

Local: Auditório da Reitoria (Universidade Federal da Paraíba)

9h – “Cultura e Desenvolvimento Sustentável”

Célio Turino (Idealizador dos Pontos de Cultura)

14h – “O papel das novas tecnologias numa estratégia brasileira de economia criativa”

Pablo Ortellado (USP)

15h – “Sistemas e Arranjos Produtivos e Inovativos Locais”

Paulo Cavalcanti Filho (UFPB)

16h – Roda de diálogo “Arranjos Criativos Locais”

Marielle Ramires, Lenissa Lenza e Carol Tokuyo (Fora do Eixo)