Fale Conosco

13 de dezembro de 2012

Secult divulga projetos habilitados ao Prêmio Linduarte Noronha



A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) divulgou, na edição do Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (13), a relação dos projetos habilitados que concorrem à 2ª edição do Prêmio Linduarte Noronha. O Prêmio é promovido pela Secult e o Fundo de Incentivo à Cultura ‘Augusto dos Anjos’. Ele contempla as categorias Curta Metragem, Revelando a Paraíba e Desenvolvimento da Atividade Cineclubista.

O ‘Linduarte Noronha’ tem o intuito de estimular a produção audiovisual. O Governo do Estado disponibiliza um montante de R$375.000,00 para a produção de obras e atividades cineclubistas. A 2º edição da premiação traz um montante maior que a primeira, que foi de R$150 mil. As inscrições foram abertas no mês de novembro.

De acordo com o edital do Prêmio, a seleção é realizada em duas etapas (habilitação e seleção). Para curtas-metragens, a seleção consistirá de quatro roteiros inéditos, aos quais serão disponibilizados apoio financeiro para a produção no montante de R$37.600,00. Os projetos poderão ser nos gêneros de ficção, documentário, experimental ou animação, com duração entre 10 e 26 minutos.

A modalidade Revelando a Paraíba se diferencia pelo objetivo de incentivar produtores que estão iniciando a carreira, não sendo necessária a comprovação de experiência anterior na área. Serão contemplados 13 roteiros inéditos, que receberão uma premiação no valor bruto de R$12.600,00.

A novidade desta segunda edição é a categoria Renovação e Desenvolvimento da Atividade Cineclubista. Serão selecionados 10 projetos, onde cada um receberá o montante bruto de R$5.500,00.

O resultado da seleção deve ser divulgado no dia 18 de dezembro, no Diário Oficial do Estado e na internet (www.paraiba.pb.gov.br/cultura).

Linduarte Noronha – O Edital é uma homenagem a um dos expoentes do cinema paraibano. Precursor do Cinema Novo, Linduarte tornou-se referência para o cinema brasileiro a partir de sua obra mais célebre, o curta-metragem Aruanda, obtendo grandes repercussões estéticas e inspirando cineastas como Glauber Rocha. Linduarte Noronha foi repórter, crítico de cinema, procurador do Estado e professor do Departamento de Comunicação da Universidade Federal da Paraíba. Faleceu em janeiro deste ano, deixando um longo histórico de contribuição ao Estado paraibano.

Confira a relação dos habilitados