Fale Conosco

3 de fevereiro de 2012

Secult anuncia criação de pacto cultural entre secretarias estaduais



A criação de um pacto cultural entre secretarias da administração estadual foi a principal pauta do encontro promovido nesta sexta-feira (3) pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), na Fundação Casa de José Américo. O projeto preliminar foi apresentado aos representantes das secretarias de Saúde, Agricultura, Educação, Turismo e Desenvolvimento Humano, além das fundações e órgãos vinculados à gestão estadual de cultura.

O projeto prevê a criação de um espaço de diálogo contínuo para facilitar a comunicação entre as secretarias e órgãos participantes. O objetivo é que, a partir desta organização, seja possível o planejamento conjunto de ações voltadas ao campo da cultura, buscando um melhor aproveitamento dos recursos disponíveis.

Ações transversais – O secretário da Cultura, Chico César, afirmou que a Secult está pronta para assumir a função de articuladora dentro do pacto. Para ele, o mecanismo possibilitará a realização de ações transversais que coloquem em prática o projeto de cultura do Governo do Estado.

“Após o primeiro ano de gestão, estamos prontos para assumir o papel balizador desse processo. O objetivo final do pacto é contaminar a população com o sentimento de pertencimento à cultura da Paraíba, expressa em toda a sua diversidade”, declarou.

Projetos iniciais – Durante o encontro, os participantes apresentaram propostas de atividades que  poderão ser efetivadas por meio do pacto. No campo da saúde, foram pontuadas ações de conscientização na área da redução de danos como estratégia de prevenção às drogas. A valorização do modo de vida campesino e da cultura rural foi a sugestão apresentada pela Secretaria da Agricultura.

A utilização dos Centros Sociais Urbanos como espaços de formação e promoção da ação cultural foi sugerida pela Secretaria de Desenvolvimento Social. Já na área da educação, a principal proposta foi o projeto “Memória do povo da Paraíba: homens e mulheres fazendo história”.  Por fim, a Secretaria de Turismo mostrou a necessidade de ações sustentáveis, a exemplo dos mapeamentos culturais das rotas 230 e 101, que levantarão as principais atividades relacionadas ao artesanato e gastronomia.

Formatação do pacto – Uma reunião marcada para o dia 15 de fevereiro, na sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep), reunirá os representantes das secretarias para que sejam definidas as diretrizes do pacto, os eixos de atuação e o cronograma das ações pactuadas.

Além dos representantes das secretarias e órgãos já incluídos, o pacto contará ainda com a participação do Projeto Cooperar, Programa Empreender-PB, Orçamento Democrático, Consultoria do Salão do Artesanato da Paraíba e Secretaria de Comunicação Institucional.