Fale Conosco

23 de maio de 2012

Secult adia início do Projeto “Fogueiras da Cultura”



Seguindo orientação do Governo do Estado, a Secretaria de Cultura da Paraíba (Secult) decidiu adiar a programação do projeto “Fogueiras da Cultura”, que aconteceria de junho a dezembro. De acordo com o secretário de Cultura, Chico César, o momento é de otimizar recursos. “É sensato não usarmos recursos públicos para festividades, neste momento, em que o Governo do Estado está preocupado em direcionar verbas para os municípios em situação de emergência por causa da seca”, explica o secretário.

No início de maio, o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, decretou situação de emergência em 170 municípios por causa da estiagem. “Preferimos deixar esse período de estiagem passar”, completa Chico César.  A intenção da Secult é que o “Fogueiras” comece no final de setembro e só encerre as atividades na primeira quinzena de dezembro, momento de mobilização cultural no Nordeste, quando artistas de todo país devem homenagear Luiz Gonzaga, no centenário de nascimento do “Rei do Baião”.

Fogueiras – O projeto tem o objetivo de difundir bens e serviços culturais, levando arte, educação e cultura para toda Paraíba, promovendo debates e manifestações populares. Ano passado, o “Fogueiras da Cultura” aconteceu em junho. Um caminhão-palco percorreu 12 municípios das Regionais de Cultura. Mais de 30 atrações foram levadas ao interior da Paraíba.

Este ano, o “Fogueiras da Cultura” será ampliado e vai agregar outras atividades para fortalecer e promover o desenvolvimento da produção artístico-cultural e a cidadania entre alunos da rede pública de ensino.

Para isso, a equipe da Secult, responsável pelo projeto, trabalha na perspectiva de concretizar parceria com o projeto “Ano Cultural do Forró – Centenário de Nascimento de Luiz Gonzaga”, da Secretaria de Estado da Educação. A previsão é de que aconteçam aulas-espetáculo com “Mestres das Artes” da Paraíba.