João Pessoa
Feed de Notícias

Secretário discute Programa de Aquisição de Alimentos em Brasília

sexta-feira, 6 de maio de 2011 - 16:42 - Fotos: 

O secretário Estadual de Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca, Marenilson Batista da Silva, participou nesta quinta (5) e sexta-feira (6), em Brasília (DF), de uma Oficina Nacional que reuniu os secretários de estado das regiões Norte, Nordeste e Sul para discutir o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), nas modalidades de Doação Simultânea e Leite. Eles debateram a importância do PAA, diretrizes, desafios e a agenda de acordos entre os governos Federal e estaduais.

Na abertura do encontro, a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tereza Campello, disse aos secretários participantes que o PAA é o grande exemplo de que a política pública juntou duas pontas importantes, ao garantir a inclusão do campo e o alimento de qualidade na mesa de quem precisa, Ela disse ainda que já iniciou conversa com vários governadores, entre outros assuntos, sobre o fortalecimento do PAA.

Tereza Campello citou que a parcela mais vulnerável e mais pobre não é incluída naturalmente nas políticas públicas. “Este é o desafio do governo: buscar essa população.” E reforçou o anúncio feito sobre os números da linha da extrema pobreza: “Da população mais pobre, metade está no campo”.

O secretário Marenilson Batista destacou a importância da participação do Governo da Paraíba nessa Oficina Nacional com secretário de todos os Estados. “A meta da erradicação da pobreza só é possível alcançar com a união de todos”, disse. Marenilson lembrou que um dos grandes desafios do governo Ricardo Coutinho é a erradicação da pobreza, como também o apoio à agricultura familiar. “A Secretaria da Agricultura vem desenvolvendo ações junto às famílias da agricultura familiar, para que elas possam retirar seu sustento da terra”.

A 1ª Oficina Nacional com secretários de Estado e gestores do PAA foi encerrada com a apresentação dos Estados para nivelar informações de gestão entre as equipes técnicas do MDS e dos governos estaduais, referentes às modalidades doação simultâneas e leite: execução, monitoramento, fiscalização, prestação de contas e instrução de novos convênios.