João Pessoa
Feed de Notícias

Secretário destaca a gastronomia paraibana durante lançamento do Guia Abrasel 2010

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010 - 15:20 - Fotos: 

Cerca de um milhão de bares, restaurantes e similares empregam, em todo Brasil, seis milhões de pessoas. A atividade representa 2,4% do PIB Nacional e significa 50% dos empregos gerados no Turismo em todo o País. Para 2010, as entidades prevêem um crescimento de 15% ou mais,aumentando a renda dos brasileiros e criando mais empregos.

As previsões foram feitas durante a solenidade de lançamento da terceira edição do Guia Abrasel 2010 de bares e restaurantes da Paraíba, ocorrida no Restaurante Mangai, em João Pessoa. O Guia tem uma tiragem recorde de 20 mil exemplares, contendo mais de 80 endereços de estabelecimentos.  

O secretário de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico ( SETDE), Edivaldo da Nóbrega, acha que a gastronomia da Paraíba é uma das mais ricas do Brasil e, a exemplo do que acontece em outros estados, está se transformando em um importante fator de atração de novos turistas. “Desta forma, o Guia da Abrasel, muito bem elaborado, ganha uma dimensão cada vez maior e, por isso, só temos de transmitir os nossos parabéns e dizer que o Governo Maranhão estará sempre disponível para apoiar iniciativas desse nível”, enfatizou.

Célio Sales, presidente da Abrasel Nacional, destacou que “o Guia compõe o esforço nacional da entidade para oferecer esse mesmo produto em todo País. Já são 23 estados que produzem guias como esse de forma padronizada permitindo que o turista, ao chegar aos principais destinos, tenha acesso a uma informação de qualidade e confiável que permita a ele escolher entre os restaurantes da cidade, tanto por critério de localização como por especialidade gastronômica. É essencial para se descobrir a diversidade gastronômica e sair da cidade com boas lembranças,ou até mesmo ficar mais tempo para provar o que ainda não pode”.

Destacou, ainda, que um milhão de empresas empregam, em todo Brasil, seis milhões de pessoas. “A atividade representa 2,4% do PIB Nacional e significa 50% dos empregos gerados no Turismo. Trata-se de um setor muito relevante em sua contribuição social,no setor de empregos porque admite normalmente pessoas sem experiência anterior e muitos sem formação, com escolar completo, dando reais oportunidades de crescimento, sendo extremamente comum que pessoas que comecem em funções secundárias de limpeza, auxiliar de cozinha se transformem em chefes, gerentes, maitres ou donos do próprio negócio”, explicou

Tributos injustos

Sobre a proibição de se fumar nos estabelecimentos, disse que embora seja evidente o direito do não fumante de não ser afetado pela fumaça, também é fácil de compreender que é perfeitamente possível manter ambientes exclusivos para fumantes de forma que possa exercer a sua vontade sem prejudicar ninguém.

Com relação aos tributos, ele garantiu que a carga tributária no Brasil é injusta  e crescente. “Quando parece não estar crescendo, ocorre que impostos que vieram para nos beneficiar, como o Simples Federal, possui uma tabela de percentuais sobre limites de faturamento. Como esses percentuais não são corrigidos monetariamente, nos casos da empresas que crescem, ou que simplesmente reajustam seus preços, acabam recaindo em faixas mais altas. O fato é que hoje a carga tributária está aumentando. Então, é necessário que, durante este ano, se discuta a atualização dos limites de enquadramento do Simples”, explicou Célio.
           

Vice governador destaca o fortalecimento do turismo

“O Guia é um instrumento valioso de fortalecimento do Turismo da nossa Capital e demais áreas turísticas, tendo em vista que os bares e restaurantes possuem um papel estratégico no setor. É um segmento que tem crescido bastante, tem gerado emprego e renda e que fortalece o Turismo. Portanto, o Guia se trata de um instrumento valioso para que o turista possa ter um roteiro para saber como se deliciar com a nossa gastronomia. Então, essa parceria da Abrasel com o Governo do Estado e demais instituições é uma demonstração clara de que o Turismo da Paraíba está crescendo em função dessa harmonia existente entre o poder público e a iniciativa privada”, enfatizou o vice governador Luciano Cartaxo, que representou o governador José Maranhão na solenidade.          

Crescimento de 15%

Segundo a avaliação do presidente da Abrasel na Paraíba, Edílson Sobreira Barbosa o lançamento do Guia Abrasel 2010 obteve sucesso total com a presença das mais representativas autoridades constituídas dos poderes Executivo e Legislativo e das mais importantes entidades do setor turístico e de outros ramos da atividade econômica. “Vai contribuir para inserir João Pessoa cada vez mais no roteiro turístico do nosso Brasil. São mais de 80 estabelecimentos onde as pessoas podem ir com vantagens, como, por exemplo, o ticket médio que é uma forma de o cliente ir ao restaurante e saber quanto vai gastar, além do endereço e do que o restaurante está colocando à disposição do cliente”, explicou.

Sobre as perspectivas do setor para 2010, ele disse que 2009 foi um ano de crise, mas no setor de turismo houve um crescimento e em 2010 não será diferente. “Vamos ter um crescimento grande, em torno de 15% ou mais, porque a crise já foi debelada e o otimismo é ainda maior”, assegurou Edílson Sobreira.

Edson Verber, da Assessoria de Imprensa da SETDE