João Pessoa
Feed de Notícias

Secretarias da PB irão atuar de forma integrada no combate à violência

sexta-feira, 6 de maio de 2011 - 19:14 - Fotos: 

 

Reunião discute ações conjuntas - Secom-PB

Uma câmara de articulação formada por representantes de secretarias estaduais, fundações e Ministério da Justiça vai estabelecer ações conjuntas para o combate à violência na Paraíba. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (5), depois de uma reunião proposta pelo secretário da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima. O encontro aconteceu na sede da pasta, bairro de Mangabeira VII, João Pessoa.

Durante a reunião, Cláudio Lima apresentou os dados acerca da ocorrência de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), como homicídios, registrados no Estado entre os anos  de 2000 e 2010. Os números referentes à região metropolitana, que inclui as cidades de João Pessoa, Cabedelo, Santa Rita e Bayeux, também foram expostos às secretarias, com o ranking dos bairros nos quais houve mais crimes contra a vida no ano de 2011.

Planos já desenvolvidos pela Seds para combater esse tipo de crime ainda foram mostrados aos representantes das secretarias, como o reforço das equipes das delegacias de Crimes contra a Pessoa (Homicídios) e Repressão a Entorpecentes (DRE). “Ainda destacamos ações específicas de combate ao crime organizado, com a prisão de mais de 40 acusados de participação em roubos ou furtos a banco com uso de explosivos”, frisou Cláudio Lima, ressaltando a diminuição de homicídios em outras cidades do Estado como Patos, Sousa e Cajazeiras.

Também foi apresentado aos convidados o projeto de Compatibilização Territorial e Integração Operacional de Segurança Pública, que será implantado no Estado e que prevê a interação das polícias Civil e Militar através das superintendências e comandos regionais dispostos em uma mesma área.

O secretário executivo da Seds, Raimundo Silvany, ressaltou que a violência não é um problema só de polícia e que ações de combate à criminalidade devem contar com outras instâncias de governo, como Saúde, Educação, Cultura e Desenvolvimento Humano, entre outras. “Temos que encarar o combate à violência como uma necessidade prioritária. Chegou a hora de nos unirmos em busca desse objetivo”, completou.

A secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Iraê Lucena, parabenizou a iniciativa da Seds e destacou o fato de ser a primeira vez que a Segurança e Defesa Social estabelece esse tipo de parceria com outras secretarias de Estado.

Para o pastor João Pereira Gomes Filho, do Programa de Políticas sobre Drogas do Estado, “todas as secretarias têm um caminho comum a partilhar para que a criminalidade seja combatida”.

Já Márcia Lucena, secretária executiva de Educação, se colocou à disposição para trabalhar de forma integrada com a Segurança e ressaltou que o ambiente escolar ultrapassa os muros das edificações, se estende à família e a outras instituições que devem interagir em prol do luta contra a violência.

“Essa é uma situação ímpar, na qual os órgãos do Estado estão trabalhando articulados para a concepção de um objetivo maior: a prevenção dos crimes e a diminuição dos números relativos à criminalidade na Paraíba”, frisou Renan Costa, Secretário de Planejamento e Gestão.

Participaram da reunião Iraê Lucena – Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, Renan Germano Costa – Secretaria de Planejamento e Gestão,  Márcia Lucena – Secretaria de Educação, José Marco Melo – Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer,   José Bernardino da Silva – Secretaria de Administração Penitenciária, Alice Monteiro Lima – Secretaria de Cultura, Adelina Almeida – Secretaria de Desenvolvimento Humano, João Pereira Gomes Filho – Programa Estadual de Políticas sobre Drogas, Cassandra Figueirêdo – Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente, Cel. Washington França – Subcomandante da Polícia Militar/PB, Daniella Vicuuna – Gerência Executiva de Polícia Civil Metropolitana, Aline Pitombeira – Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania/ Ministério da Justiça.