João Pessoa
Feed de Notícias

Secretaria intensifica ações do Programa do Leite da Paraíba

terça-feira, 10 de maio de 2011 - 15:37 - Fotos: 

A Secretaria Estadual do Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca (Sedap) está intensificando as ações do Programa Estadual de distribuição do Leite da Paraíba. Para isso, está realizando reuniões de trabalho junto aos laticinista e presidentes das associações ligadas ao Programa. O objetivo é discutir o processo de reestruturação do Programa do Leite e os problemas enfrentados pelas associações, além de realizar a atualização de cadastro dos pequenos produtores.

De acordo com o secretário Executivo da Agropecuária e Pesca, Rômulo Montenegro, acontecerão três encontros com laticinista que fornecem o leite para o Estado. A primeira reunião aconteceu na sexta-feira (6), em Campina Grande, na sede do Sebrae. Nesta terça-feira (10), a reunião de trabalho acontece em Patos, também na sede do Sindicato Patronal. E na quarta-feira (11), será no município de Gurjão.

Os encontros estão sendo coordenados pelos secretários da Sedap, Marenilson Batista, Rômulo Montenegro, Alexandre Eduardo e o coordenador do Programa do Leite da Paraíba, Aldomário Rodrigues.

A secretaria está solicitando aos laticinistas a atualização de dados em CD para um novo cadastro. Os dados são os seguintes: nome da associação, CNPJ, endereço com CEP, telefone, nome do presidente, relação atualizada dos produtores, e-mail e relação das necessidades e ou problemas vivenciados por cada associação.

O Programa do Leite, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), foi lançado para distribuir leite para as famílias que vivem abaixo da linha de pobreza, assegurando seus direitos à alimentação, ao mesmo tempo em que possibilita um aumento da renda dos pequenos produtores, garantindo a compra de leite a preço justo, sem atravessadores.

Criado em 2003 na Paraíba, o Programa do Leite beneficia 120 mil famílias que vivem abaixo da linha da pobreza nos 223 municípios do Estado. Cada família assistida recebe um litro de leite por dia.

Recebem o leite gestante, nutrizes, crianças até seis anos e idosos sem aposentadoria. Para auxiliar na distribuição, o Programa do Leite conta com vários parceiros voluntários espalhados por todas as cidades, entre eles, igrejas, associações de bairros, prefeituras e a pastoral da criança.

Segundo o secretário Rômulo Montenegro, outro item discutido durante as reuniões é a Campanha de Vacinação contra febre aftosa, que está sendo realizada durante este mês de maio em todo o Estado. “É importante que todo criador vacine seu rebanho, já que a única maneira de combater a doença é por meio da vacinação”. Rômulo afirmou também que o Governo do Estado está adotando todas as medidas necessárias e preparatórias para a conquista do status de zona livre de aftosa com vacinação já em 2012.