João Pessoa
Feed de Notícias

Secretaria garante segurança dos foliões nas prévias carnavalescas

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 - 20:00 - Fotos: 
Garantir a segurança dos foliões, turistas e paraibanos, durante o desfile do bloco Picolé de Manga, o primeiro a desfilar durante as prévias carnavalescas da Capital, e a abertura do projeto Folia de Rua. Esse é o objetivo do plano de ação integrada das polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros, desenvolvido pela Assessoria de Ações Estratégicas da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (SEDS).

Ambas as festas acontecem paralelamente no dia 5 de fevereiro. O Picolé de Manga tem concentração às 19h, no cruzamento entre a avenida João Machado e a rua Rodrigues Chaves, Centro da Capital, e vai contar com uma delegacia móvel para atendimento à população, como expedição de boletins de ocorrências e lavraturas de termos circunstanciados. Também será reforçado o plantão da 1ª Delegacia Distrital de Cruz das Armas, para lavratura de flagrante.

Já  a abertura do projeto acontece no Ponto de Cem Réis e conta com a participação dos blocos do Centro da cidade: Anjo Azul, que sai da lateral da Faculdade de Direito; Pinguim, que reúne foliões no Pavilhão do Chá; Cueca, no próprio Ponto de Cem Réis; Confete e Serpentina, que se inicia na Praça Dom Ulrico; e Folia Cidadã, concentrado no Porto do Capim.

Nesse caso, a delegacia responsável por atender os foliões será a 2ª Delegacia Distrital, localizada no mesmo bairro.  

Durante as prévias carnavalescas, que se estendem até o dia 13, com o desfile 31 blocos, a Polícia Civil irá priorizar os plantões policiais de 24h nas delegacias distritais, especialmente as 1ª, 3ª, 9ª e 10ª delegacias, além da Gerência Executiva Metropolitana, no Varadouro.

A Polícia Militar será responsável por efetuar policiamento ostensivo, desenvolvendo ações para preservação da ordem pública. Já Corpo de Bombeiros irá executar ações de prevenção, combate a incêndios, buscas, salvamentos e socorro de urgências.

De acordo com o major Júlio César de Oliveira, assessor de ações estratégicas, “para os blocos de maior porte, como Virgens, Muriçocas e Cafuçu, a SEDS irá preparar planos operacionais específicos”.

Por determinação do Ministério Público da Paraíba, os blocos que desfilarem nos bairros terão que desligar os equipamentos de som à meia-noite. Já aqueles realizados na praia, poderão utilizá-los até às 2h.
        

Adryana Araújo, da Secretaria da Segurança e da Defesa Social